Meteorologia

  • 24 JULHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

Pelo menos 20 mortos em motim em centro de detenção na Venezuela

Centro de detenção situa-se no estado de Portuguesa.

Pelo menos 20 mortos em motim em centro de detenção na Venezuela

O balanço de mortos e feridos na sequência de um motim num centro de detenção na Venezuela será superior aos dados preliminares das autoridades venezuelanas.

O Ministério Público venezuelano, como dava conta a agência Lusa, confirmara pelo menos três mortos e 22 feridos durante um motim no centro de detenção da polícia General Paéz, no Estado venezuelano de Portuguesa.

O número, porém, será superior. 

Humberto Prado, director do Observatório Venezuelano de Prisões, uma organização não governamental, refere que o número de mortos será superior a 20, confirmando igualmente as duas dezenas de feridos. O mesmo observatório refere mesmo que se trata de um massacre.

Todas as mortes terão ocorrido entre os detidos. Entre os feridos contam-se também polícias. Segundo o El Mundo, aquele centro contaria com mais de 500 detidos, estando a operar ao dobro da capacidade indicada.

O mesmo jornal espanhol refere que os reclusos amotinados enviaram vídeos às autoridades em que mostravam que estavam com eles pessoas que estariam de visita ao estabelecimento prisional, na altura do motim. Um dos amotinados, de rosto tapado, terá exibido uma arma de fogo e um par de granadas num dos vídeos em causa.  Há relatos de que uma das granadas terá explodido durante a intervenção das autoridades.

A 29 de março do ano passado ocorreu um dos motins mais graves na Venezuela, com confrontos no centro de detenção da Polícia Estadual de Carabobo, onde 68 pessoas morreram.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório