Meteorologia

  • 17 OUTUBRO 2019
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 22º

Edição

Candidatos na Indónesia pedem tranquilidade enquanto votos são contados

Os dois candidatos às eleições presidenciais da Indonésia dirigiram-se aos apoiantes depois de os resultados preliminares mostrarem que o Presidente Joko Widodo lidera a corrida sobre o seu rival Prabowo Subianto em cerca de 10 pontos.

Candidatos na Indónesia pedem tranquilidade enquanto votos são contados

Widodo disse que está ciente da sua liderança e agradeceu aos eleitores e órgãos do Governo por uma eleição tranquila. Pediu ainda que a nação se unificasse após as divisões da campanha eleitoral.

"Das indicações da sondagem preliminares e também das contagens rápidas, já podemos ver tudo, mas precisamos ter paciência para aguardar a contagem oficial da Comissão Eleitoral", disse Joko Widodo.

Subianto pediu aos seus partidários que não provoquem o caos, mas também lhes disse para estarem vigilantes contra a fraude eleitoral. O candidato declarou que a sondagem da sua própria campanha mostrou que ele está à frente.

O chefe de Estado indonésio, Joko Widodo, deverá cumprir um segundo mandato após vencer as eleições presidenciais de hoje na Indonésia, segundo estimativas preliminares de três institutos de pesquisa de opinião já divulgadas.

Mais de 190 milhões de indonésios foram às urnas, das selvas de Bornéu à megacidade de Jacarta, para eleger o seu Presidente, mas também para renovar os Parlamentos nacional e locais numa eleição gigante.

Joko Widodo, visto como um muçulmano moderado, e o seu oponente, o ex-general Prabowo Subianto, que quer liderar o país com mão-de-ferro, conduziram campanhas virulentas e aumentaram os seus esforços para seduzir o eleitorado muçulmano conservador.

Segundo as empresas Saiful Mujani Research Center, Indo Barometer e Indikator Politik Indonésia, os cálculos obtidos a partir das primeiras contagens de votos indicam que Joko Widodo terá 55% dos votos contra 44% do seu adversário.

"Se houver uma mudança, deverá ser mínima", disse Gun Gun Heryanto, analista político do Instituto Indonésio de Literacia Política.

Heryanto disse que espera "um ambiente de reconciliação" depois de "sete a oito meses de atmosfera muito polarizadora" no país.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório