Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2019
Tempo
11º
MIN 11º MÁX 18º

Edição

Ethiopian Airlines: Afinal, foram dois passageiros que escaparam à morte

Ambos foram poupados por se terem atrasado para o avião.

Ethiopian Airlines: Afinal, foram dois passageiros que escaparam à morte

Até agora pensava-se que Ahmed Khalid, que tinha perdido o voo da Ethiopian Airlines, este domingo, era a única pessoa a ter sobrevivido à tragédia que tirou a vida a 157 pessoas. Mas felizmente não foi o único.

Também Antonis Mavropoulos, o presidente da ONG International Solid Waste Association, chegou atrasado. Foram apenas dois os minutos necessários para mudar o destino do homem grego.

"Eu conseguia ver as pessoas a embarcar, estava muito zangado de já não me terem deixado entrar", confessou em declarações a uma televisão grega, recordando ainda como a sua fúria se tinha dissipado no segundo em que soube que o avião tinha caído seis minutos após descolar.

"Foi o meu dia de sorte", começou por escrever numa publicação de Facebook a acompanhar uma fotografia do seu bilhete para o voo com destino a Nairobi. "Estou agradecido por estar vivo e por ter tantos amigos que me fizeram sentir o seu amor", acrescentou.

Recorde-se que o voo da Ethiopian Airlines que fazia ligação a Nairobi em Adis Abeba acabou por se despenhar às 8h44, hora local, cerca de seis minutos após a descolagem. O Boeing 737-8 MAX, caiu perto da cidade de Bishoftu, a cerca de 42 quilómetros a sudeste da capital da Etiópia.

As causas do acidente ainda não são conhecidas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório