Meteorologia

  • 18 JANEIRO 2021
Tempo
12º
MIN 5º MÁX 14º

Edição

Seca que afeta Afeganistão provoca aumento de casamento de meninas

A seca que está a afetar o Afeganistão provocou uma subida de casos de casamentos combinados de meninas durante o último trimestre do ano passado, denunciou na segunda-feira um organismo supervisor do Congresso norte-americano.

Seca que afeta Afeganistão provoca aumento de casamento de meninas

"A ONU informou que durante este trimestre o casamento de menores subiu devido à seca, uma vez que as famílias optam por combinar casamentos em troca de dotes que lhes permitam sobreviver economicamente", assinalou o Inspetor Especial Geral para a Reconstrução do Afganistão (SIGAR, na sigla em inglês) do Congresso, na rede social Twitter.

A mensagem inclui uma ligação ao último relatório trimestral do SIGAR, que cita dados já apresentados pela Organização das Nações Unidas na conferência sobre o Afeganistão, realizada em novembro, em Genebra.

O casamento infantil é uma prática ainda muito presente no Afeganistão e afeta até 35% dos menores de um país que é essencialmente jovem, com 17,5 milhões de habitantes com menos de 18 anos num total de 30 milhões.

O relatório do SIGAR apontou que "aproximadamente" 260 mil afegãos foram obrigados a abandonar as suas residências, devido à escassez de chuva, e que 10,6 milhões podem sofrer nos próximos meses uma "grave insegurança alimentar" devido às más colheitas.

O SIGAR alertou ainda que esta crise climática, a "incerteza política" que envolve as próximas eleições presidenciais de abril e a violência em que o país está submerso desde 2001 enfraquecem as suas perspetivas de crescimento económico.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório