Meteorologia

  • 18 NOVEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

"Se eu sair em liberdade, vou continuar a matar mulheres"

Homem é co-autor do homicídio de pelo menos 20 mulheres, de acordo com as autoridades mexicanas.

"Se eu sair em liberdade, vou continuar a matar mulheres"
Notícias ao Minuto

13:08 - 10/10/18 por Notícias Ao Minuto 

Mundo México

Na semana passada, a polícia mexicana deteve um casal, em flagrante delito, a mover restos mortais de uma das suas vítimas. Inicialmente pensava-se que o casal era autor de pelo menos dez homicídios, mas esse número acabou por ser alargado para pelo menos 20, conforme indicou o procurador do Estado do México, Alejandro Gómez. Todas as vítimas são mulheres.

Agora, são reveladas online algumas informações sobre o interrogatório do homem, que é apenas identificado como Juan Carlos.

O suspeito surge num vídeo a responder a um questionário policial, onde dá indicação das suas motivações: “Diga aos chefes de uma vez por todas que se eu sair em liberdade, vou continuar a matar mulheres por causa do ódio que lhes tenho”.

De acordo com a Fox News, os “chefes” a que o suspeito se refere é a polícia. O homem diz ainda que foi abusado por mulheres em criança.

“Eu prefiro que os meus cães comam a carne destas mulheres do que deixá-las respirar o mesmo oxigénio que eu”, sublinhou.

O procurado de Ecatepec de Morelos, na cidade do México, onde ocorreram os crimes, confirmou a autenticidade do vídeo, dizendo que é uma prova que foi tornada pública e que vazamento de informação será investigado.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório