Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2018
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 15º

Edição

Paris: Sequestro em agência publicitária. Uma pessoa conseguiu fugir

Contrariamente ao reportado inicialmente, não foi libertado um refém, mas sim uma pessoa que passou pelo sequestrador e foi agredida. Perímetro de segurança terá sido alargado por causa de ameaça de bomba.

Paris: Sequestro em agência publicitária. Uma pessoa conseguiu fugir
Notícias ao Minuto

17:04 - 12/06/18 por Notícias Ao Minuto 

Mundo França

Não se sabe ao certo quantas pessoas estão no edifício onde se encontra barricado o homem que, esta tarde de terça-feira, fez reféns numa empresa parisiense, mas pelo menos uma conseguiu fugir, acordo com o Le Fígaro. A mesma publicação esclarece, ao contrário do que avançou inicialmente, que a vítima, que foi espancada pelo sequestrador e borrifada com gasolina, não era um refém mas sim alguém que se cruzou com ele ao entrar no local.

Essa pessoa, indicam, conseguiu sair e esconder-se, sendo agora socorrida pelos bombeiros.

O sequestro que decorre, neste momento, rua dos Petites Ecuries, no 10.º arrondissement, tem lugar na agência de publicidade Mixicom, de acordo com informações da France Info. Foi confirmada a existência de reféns, mas os meios de comunicação diferem quanto ao número, existindo alegações de que possam ser duas ou três.

O homem continua barricado no edifício, levando ao bloqueio da rua em questão e das ruas contíguas, enquanto decorre o processo de negociação com as autoridades. Todas as pessoas nas residências e empresas daquela zona que não possam ser retiradas em segurança foram aconselhadas a não sair para a rua.

Nas redes sociais, Stéphane Larue, jornalista da TF1, indica que o perímetro de segurança foi alargado, possivelmente por causa da ameaça de bomba proferida pelo sequestrador.

"Trabalhamos mesmo por cima e não podemos sair", indicou uma testemunha, por telefone, à BFMTV.

O caso não está a ser tratado como terrorismo, podendo tratar-se de uma questão diplomática ou de justiça, dado que o homem pediu para ser contactado pela embaixada do Irão.

[Notícia atualizada às 17h29 com informação corrigida sobre refém]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório