Ácidos gordos ómega 3 podem melhorar a fertilidade

Esta gordura saudável e presente em vários alimentos pode impulsionar os níveis de fertilidade, diz um recente estudo.

© iStock
Lifestyle Estudo

Salmão, sardinha, linhaça, nozes, chia, cânhamo, couves-de-Bruxelas, couve-flor, azeite, tofu, espirulina, abacate, feijão. Não faltam exemplos de alimentos de origem vegetal e animal ricos em ácidos gordos ómega 3, uma gordura saudável e essencial para o bom funcionamento do organismo.

PUB

A recomendação do consumo de alimentos ricos em ómega 3 é uma constante, seja para melhorar as funções cognitivas ou cardiovasculares, mas sabe-se agora que pode também ser uma forma de aumentar os níveis de fertilidade das mulheres.

Um estudo da Universidade do Colorado, nos Estados Unidos, indica que este tipo de gordura aumenta a probabilidade da mulher conseguir engravidar. A investigação, divulgada pela Time e apresentada na reunião anual da Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva, teve por base experiências feitas em ratos do sexo feminino criados em laboratório para terem bons níveis de ácidos gordos ómega 3 nos seus tecidos.

Os ratos que apresentaram maiores níveis deste tipo de gordura foram os que tiveram mais percursores de células de ovos do que aqueles que serviram de grupo de controlo (e que não tinham os níveis de ómega 3 alterados por excesso). Para os investigadores, o impacto desta gordura mostrou-se positivo, uma vez que indica uma maior capacidade de maturação dos ovos (que são melhor qualidade graças a este tipo de ácido gordo) e, por consequência, de gravidez.

Embora os resultados do estudo se mostrem promissores, os próprios investigadores defendem uma análise mais aprofundada e realizada em humanos, pois só assim se saberá se os suplementos de ácidos gordos ómega 3 podem ser aliados no combate à infertilidade.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS