Meteorologia

  • 21 AGOSTO 2019
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 19º

Edição

Cães não se sentem culpados depois de fazerem asneiras

Roeu o chinelo e, assim que foi repreendido, baixou as orelhas e colocou ‘aquele’ olhar de cachorrinho arrependido. Comportamento típico de um cão, mas que, afinal, não significa o sentimento de culpa.

Cães não se sentem culpados depois de fazerem asneiras

Ljerka Ostojic vem deitar por terra toda e qualquer teoria acerca do olhar de arrependimento dos cães.

Ao The Telegraph, este psicólogo da Universidade de Cambridge revela que os cães não sentem arrependimento depois de fazerem uma asneira e que o ato de baixar as orelhas, deitar-se e fazer ‘aquele’ olhar de cachorrinho arrependido é nada mais do que um comportamento de submissão (ou “medo”) perante o dono.

Embora não seja possível “ter a certeza porque não lhes podemos perguntar”, Ostojic indica que “a linguagem corporal que vemos [por parte de um cão perante uma repreensão] é simplesmente uma resposta submissa à linguagem corporal que a pessoa hierarquicamente superior [o dono] está a usar”.

Os donos, explica o psicólogo, “elevam-se” perante os cãos, estabelecendo “um contacto visual direto” e usando “um tom de voz de acusação”, situações que podem assustar o animal e que levam a que assuma um comportamento de defesa.

Mas se a culpa não parece ser um dos sentimentos dos cães, o mesmo não se pode dizer da excitação, angustia, alegria, aversão, medo, raiva, desconfiança e amor. A ciência já comprovou a existência destes sentimentos nos cães.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório