Meteorologia

  • 25 FEVEREIRO 2024
Tempo
15º
MIN 13º MÁX 17º

Risco de diabetes vê-se na pele. É a este sinal que deve prestar atenção

Está a par?

Risco de diabetes vê-se na pele. É a este sinal que deve prestar atenção
Notícias ao Minuto

11:16 - 27/02/23 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Diabetes

Muita sede, urinar mais do que o habitual, estar sempre com fome e perder peso. A diabetes pode ser denunciada por estes sintomas e, em alguns casos, através da pele. Segundo um grupo de investigadores turcos, citados pelo jornal The Sun, pessoas com marcas na pele (fibroma mole, também conhecido como acrocórdon) estão a ser cada vez mais associadas a casos de diabetes do tipo 2, a mais frequente e que surge quando o pâncreas não consegue produzir insulina suficiente ou quando esta não é utilizada de forma correta pelo nosso organismo.

A equipa testou o sangue de 60 pessoas - metade das quais apresentava, pelo menos. uma marca no corpo - para comprovar o risco de síndrome metabólica. O estudo, publicado na BMC Dermatology, descobriu que 30  pessoas com uma marca cutânea estavam em risco superior de várias perturbações metabólicas, incluindo obesidade, pressão arterial elevada, e de diabetes de tipo 2. O mesmo grupo de cientistas defende ainda que os valores de pressão arterial destas pessoas devem ser testados. 

Leia Também: 'Cara de Ozempic'. O possível efeito secundário do medicamento

Recorde-se que mais de um em cada 10 adultos – ou seja, mais de 500 milhões de pessoas em todo o mundo - tem diabetes. Em Portugal, estima-se que cerca de um milhão sofra desta doença. Contudo, "ainda há cerca de 40% da população portuguesa que apresenta diabetes sem ter a doença diagnosticada", disse ao Lifestyle ao Minuto José Silva Nunes, especialista do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Central, e presidente da Sociedade Portuguesa para o Estudo da Obesidade. "Segundo os dados mais recentes, existirão cerca de um milhão de portugueses com diabetes mellitus. Não existem dados fidedignos que avaliem a prevalência de pessoas com diabetes tipo 1 e com diabetes tipo 2. No entanto, assume-se que o tipo 2, o mais frequente, corresponde entre 90 e 95% do total de pessoas com diabetes."

Citado pelo The Sun, o especialista Bruce Green disse que há sinais de alerta aos quais deve estar atento:

Leia Também: Inflamatória e anticancro. Bebida que tem sempre em casa dá anos de vida

  • Manchas amarelas ou castanhas e inchaço;
  • Pele mais escura e aveludada, sobretudo no pescoço e axilas;
  • Aparecimento súbito de bolhas;
  • Manchas secas que provam comichão, principalmente nos braços, pernas, cotovelos e pés.

O Serviço Nacional de Saúde britânico acrescenta que comichão à volta do pénis ou vagina e cortes ou feridas que não cicatrizam são também sinais comuns de diabetes. 

Leia Também: O sinal de demência insuspeito que surge até 30 anos antes do diagnóstico

Recomendados para si

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório