Meteorologia

  • 30 NOVEMBRO 2022
Tempo
MIN 7º MÁX 14º

Perder peso só é benéfico para pessoas obesas ou com excesso de peso

Investigadores afirmam que pessoas magras, que tentam emagrecer, podem acabar por ganhar peso, a longo prazo, mas também estar mais em risco de diabetes tipo 2.

Perder peso só é benéfico para pessoas obesas ou com excesso de peso
Notícias ao Minuto

11:55 - 29/09/22 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Saúde

Perder peso não é sempre saudável e quem o diz são os investigadores da Escola de Saúde Pública Chan Harvard, nos Estados Unidos. Foi publicado um novo estudo onde se afirma que perder peso, intencionalmente, só é benéfico para pessoas obesas ou com excesso de peso. 

Aliás os investigadores afirmam que pessoas magras, que tentam perder peso, podem acabar por ganhar peso, a longo prazo, mas também estar mais em risco de diabetes tipo 2. Estas conclusões foram publicadas, esta semana, na revista científica PLoS Medicine.

Leia Também: Os melhores truques para perder peso (alguns são bizarros mas resultam)

Depois de analisar quase 200 mil pessoas, que participaram em três estudos de 1988 a 2017, a equipa afirma que perder peso tem, no geral, benefícios para a saúde, a longo prazo, entre indivíduos obesos. Acrescentando que aquelas que perderam mais de 10 quilos conseguiram diminuir o risco de diabetes tipo 2, sem ganhar peso. 

Para este estudo, os investigadores também analisaram estratégias eficazes para a perda de peso e dividiram todas em sete categorias: jejum; dieta com défice calórico; exercício; dieta com défice de calórico e exercício; programa comercial de perda de peso; medicamentos diuréticos; e uma combinação de jejum, comercial, e medicamentos diuréticos. 

O exercício foi a estratégia mais eficaz, em termos de controlo e prevenção, a longo prazo, entre pessoas com obesidade. Foi também associado aos níveis mais baixos de ganho de peso após um período de quatro anos - 4,2% menos peso médio geral do que no início entre indivíduos com obesidade; 2,5% de perda de peso entre indivíduos com excesso de peso; e 0,4% em pessoas magras.

Leia Também: Três posições de ioga ideais para perder peso

No entanto, esta tendência não se confirmou em pessoas que utilizaram a estratégia que conjuga jejum, comercial, e medicamentos diuréticos, já que indivíduos obesos só conseguiram 0,3% de perda de peso, pessoas com excesso de peso tiveram um ganho de peso de 2%, já indivíduos magros ganharam 3,7% mais peso.

24 anos mais tarde, em 2017, o risco de diabetes entre indivíduos com obesidade era ainda menor, independentemente da estratégia utilizada. Essa tendência variou muito indo dos 21% entre o grupo de exercícios, e os 13% para pessoas que usam medicamentos diuréticos.

Já entre os participantes magros, toda a perda de peso foi associada a um risco aumentado de diabetes tipo 2 - variando de um aumento de 9%, entre os praticantes de exercícios, a um aumento de 54%, para os que usaram medicamentos, ou a estratégia que os combinam com jejum e programas comerciais.

Assim, os autores do estudo sugerem que, embora a perda de peso seja claramente positiva para aqueles com excesso de peso ou obesos, as estratégias de perda de peso não têm os mesmos benefícios para indivíduos magros.

Leia Também: Dicas muito úteis para conseguir perder peso a caminhar

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório