Meteorologia

  • 29 NOVEMBRO 2021
Tempo
11º
MIN 9º MÁX 16º

Edição

Uma casa 'amiga' de crianças. Como dar o melhor ao que tem de melhor

Artigo patrocinado por hôma

Em pleno desenvolvimento e a descobrir o mundo a cada dia que passa, as crianças têm necessidades específicas que precisam de ver preenchidas, e o espaço em que vivem, naturalmente, não é exceção. Saiba como preparar a casa para uma criança, sobretudo o quarto em que irá dormir (e crescer).

Uma casa 'amiga' de crianças. Como dar o melhor ao que tem de melhor

As crianças são o que de melhor o mundo tem. Concorda? Nunca será demais, portanto, investir no desenvolvimento e bem-estar dos mais pequenos. Afinal, eles têm a capacidade de fazer os adultos sorrir mesmo nos mais sombrios momentos.

Ora, por ocasião da passagem do mês em que se celebra o dia dedicado às crianças, a hôma Happy Home Living tem algumas sugestões para partilhar consigo, que, mais do que arrancar um sorriso a uma criança, poderão proporcionar aos mais novos as melhores condições para que cresçam num espaço de conforto, sempre com a segurança salvaguardada.

Quarto funcional para criança 

O quarto é o reduto dos mais pequenos e deve ser pensado à imagem deles. Por tentador que seja fazer escolhas de decoração segundo os próprios gostos, importa antes orientá-las para o que de facto é melhor para as crianças, respeitando o desenvolvimento natural das suas competências físicas e emocionais.

Uma cama baixinha, logo mais acessível, poderá ser um bom princípio. Pensar no restante mobiliário a partir do ponto de vista dos mais pequenos, atendendo à sua altura, também fará sentido, nomeadamente se queremos potenciar aspetos ligados não só à autonomia como à organização

É importante que as crianças tenham acesso aos objetos de que necessitam e, da mesma forma, os consigam arrumar sem a supervisão de um adulto. Caixas podem ser uma excelente aposta neste particular. Além de serem facilmente alcançáveis, ajudam a não ter tudo espalhado e podem ainda ser um divertido elemento decorativo.



Essencial é também ter uma estante no quarto das crianças, nomeadamente uma que permita aplicar a técnica das prateleiras que, no fundo, consiste em segmentar por temas a disposição dos objetos, por forma a facilitar a gestão dos livros e dos brinquedos.

O desafio da arrumação

Um problema comum no quarto das crianças prende-se com a organização da roupa. Roupa lavada misturada com a suja, roupa em todos os cantos, roupa amarrotada porque foi mal acondicionada: é-lhe familiar este cenário? Pois pode evitá-lo investindo em cabides, quer os que se penduram, por exemplo, atrás das portas, quer os vocacionados para armários, quer os cabides de pé - nunca são demais! 

Criar um mini atelier onde a criança possa desenvolver a sua veia mais artística - sem esquecer depois de emoldurar e expor (com orgulho) as suas obras mais notáveis -; ou ainda um cantinho de leitura são hipóteses que poderá considerar. Para qualquer dos efeitos, fará sentido incluir uma mesa e uma cadeira como as da imagem acima.

Por fim, o ambiente do quarto dos mais novos não deve ser hiperestimulante, deve transmitir tranquilidade. A opção por tons claros e neutros é a mais acertada. Deve ainda apostar numa decoração que seja polivalente e não 'obrigue' a constantes remodelações em conformidade com o crescimento.

Decoração 'à prova de criança' (no resto da casa)

Quem tem crianças em casa saberá que à medida que vão crescendo crescerá também a tendência para 'invadirem' outros compartimentos além do quarto.

Mas ter (e aplicar) ideias de decoração 'à prova de criança' no resto da casa, não significa abdicar do estilo, sendo possível um 'casamento' equilibrado entre ambos. Não obstante, existem umas quantas regras que deverá ter em consideração.

Nos primeiros anos de vida das crianças, convém que não tenham acesso a objetos de valor, pelo que deverá guardá-los. Materiais duráveis e laváveis serão excelentes aliados, bem como móveis fáceis de limpar. Aconselhamos, a título de exemplo, que coloque uma cobertura no seu sofá, isto se quer poupá-lo a restos de comida ou a eventuais riscos de canetas. Ainda em matéria de sofás, a escolha de um sofá seccional  é adequada quando a família aumenta, uma vez que permite sentar mais pessoas. Em vez de uma mesa de centro, opte por um puff otomano - é mais versátil e mais resistente a brincadeiras.

Pode encontrar (ainda) mais ideias para preparar uma casa em que habitem crianças na hôma Happy Home Living. Faça sorrir as crianças da sua vida!

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório