Meteorologia

  • 17 NOVEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 11º MÁX 17º

Edição

Nova técnica de edição de ADN poderá curar até 89% das doenças genéticas

A tecnologia, conhecida como ‘prime editing’ (‘edição premium’), foi descrita como uma espécie de ‘editor de texto genético’ capaz de reescrever o ADN com precisão.

Nova técnica de edição de ADN poderá curar até 89% das doenças genéticas
Notícias ao Minuto

10:48 - 23/10/19 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Doenças que matam

Em teste laboratoriais, a nova tecnologia foi usada para corrigir mutações que causam doenças. Uma das mutações que a técnica conseguiu corrigir foi a da anemia falciforme.

O método revolucionário foi desenvolvido pela equipa do Instituto Broad, ligado à universidade de Harvard e ao MIT (Massachusetts Institute of Technology) nos Estados Unidos. Os cientistas afirmam que a tecnologia é "muito versátil e precisa", mas destaca que a pesquisa está apenas a começar.

Já podemos editar ADN?

O ADN é o ‘manual de instruções’ para a construção e o desenvolvimento de cada corpo humano – que é único. Está presente em quase todas as nossas células.

A capacidade de alterar o ADN através da edição de genes promete revolucionar a medicina. Contudo, ao mesmo tempo acarreta novos dilemas morais e éticos, como a polémica criação de bebés geneticamente modificados para terem proteção contra o VIH.

Como o 'prime editing' funciona?

Uma pesquisa publicada nesta semana na revista científica Nature, e divulgada pela BBC News, mostra como os cientistas usaram o método para inserir ou apagar secções de ADN. O ‘prime editing’ também é capaz de corrigir secções menores, como uma única ‘letra’ das três bilhões que formam o código genético humano.

"Pode imaginar os 'prime editors' como processadores de palavras, capazes de procurar por um alvo entre as sequências de ADN e substituí-lo com precisão", afirma o bioquímico David Liu, um dos investigadores.

"Os 'prime editors' oferecem mais flexibilidade para encontrar um alvo e maior precisão na edição”.

O método pode ser ilustrado comparando-o com a edição de texto no computador: é algo como pressionar Ctrl-F para encontrar uma parte do texto que pretende modificar e depois pressionar Crtl-V para colar o texto novo que quer inserir.

A tecnologia usa uma sequência de código genético feita em laboratório. Essa sequência tem duas funções: uma, é encontrar a parte do ADN que quer editar, e a outra, é introduzir as mudanças que quer fazer.

Essa sequência é combinada com uma enzima chamada transcriptase reversam, que ‘copia’ as edições para o ADN.

Como o método pode curar doenças?

O ADN tem quatro componentes básicos, as bases nitrogenadas: adenina, citosina, guanina e tiamina. Estes componentes são conhecidos pelas letras A, C, G e T.

Três bilhões dessas letras formam o nosso ADN, ou seja, o ‘manual completo’ para desenvolvimento e funcionamento do corpo. Mas erros minúsculos causam doenças e transtornos.

A forma mais comum de anemia falciforme (doença hereditária causada pela alteração anatómica dos glóbulos vermelhos), por exemplo, é provocada por uma mutação que torna um A específico em um T.

A doença de Tay-Sachs, que afeta os nervos e é fatal, com frequência é causada por uma mutação que adiciona quatro letras extras de código no ADN.

O ‘prime editing’ foi usado com sucesso para corrigir esses dois erros genéticos em experiências feitas em células humanas no laboratório.

Existem cerca de 75 mil mutações que causam doenças nos seres humanos. David Liu estima que o ‘prime editing’ tem o potencial para corrigir 89% delas.

Os outros 11% incluem situações em que a pessoa tem cópias demasiadas de um gene (uma seção de ADN responsável por uma instrução específica) ou quando um gene inteiro está em falta.

"O 'prime editing' é o começo, em vez do fim da longa aspiração das ciências que lidam com a vida molecular por serem capazes de fazer qualquer mudança no ADN em qualquer posição numa célula viva ou num organismo, incluindo, em potencial, pacientes humanos com doenças genéticas", diz Liu.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório