Meteorologia

  • 23 MAIO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

Químicos em casa podem deixá-lo infértil (e ao seu cão também)

Químicos comuns presentes em casa podem estar a prejudicar o esperma e a deixar os homens e cães inférteis.

Químicos em casa podem deixá-lo infértil (e ao seu cão também)
Notícias ao Minuto

11:30 - 05/03/19 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Espermatozóides

Um novo estudo apurou que os químicos encontrados em carpetes, no chão, sofás, roupa e brinquedos reduzem a qualidade do esperma humano e canino. A pesquisa concluiu que dois poluentes comuns provocam esses danos nos espermatozoides.

Pesquisas anteriores já haviam demonstrado que a contagem dos espermatozoides decaiu dramaticamente nas últimas décadas – com uma impressionante diminuição de 50% na qualidade do esperma nos últimos 80 anos.

Tendo-se registado o mesmo impacto nos cães domésticos, sugerindo que certos químicos fabricados pelo homem podem estar a impulsionar a crise de infertilidade.

Estima-se que nos países desenvolvidos cerca de um em cada seis casais tenha problemas em engravidar.

Para efeitos daquela pesquisa, cientistas da Universidade de Nottingham, no Reino Unido, expuseram amostras de esperma humano e canino a dois químicos comummente encontrados dentro de casa.

Os investigadores examinaram o impacto do DEHP – encontrados em tapetes ou carpetes, chão, sofás, vestuário e brinquedos – e do químico PCB153, que ainda persiste na atmosfera apesar de ter sido banido.

A equipa de cientistas descobriu que a exposição a concentrações do dia a dia no laboratório tinha o mesmo efeito prejudicial no esperma tanto para os homens como para os animais. A exposição reduzia a habilidade dos espermatozoides se movimentarem, danificando ainda o seu ADN.

O líder do estudo Richard Lea, professor de biologia reprodutiva na Escola de Medicina Veterinária e de Ciência, disse em declarações ao The Guardian: “Este novo estudo reitera a teoria que o cão doméstico pode quase servir como uma ‘sentinela’ ou um espelho para o declínio da reprodução masculina e os nossos achados sugerem que químicos artificiais que são comummente utilizados nos lares e em espaços de trabalho podem ser responsáveis pelo decréscimo da qualidade do esperma tanto nos homens como nos cães que partilham o mesmo ambiente”.

Outra investigadora envolvida no estudo, a professora Rebecca Sumner, afirmou que a exposição a esses químicos provoca a “redução da mobilidade dos espermatozoides e a fragmentação do seu ADN”.

A pesquisa foi publicada no periódico Scientific Reports.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório