Meteorologia

  • 18 ABRIL 2019
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 18º

Edição

"O aborto foi à noite, de manhã a aspiração e à tarde quimioterapia"

A ex-vocalista da banda Silence 4 recordou o drama pelo qual passou ao enfrentar uma leucemia grave.

"O aborto foi à noite, de manhã a aspiração e à tarde quimioterapia"
Notícias ao Minuto

18:48 - 11/03/19 por Catarina Carvalho Ferreira 

Fama Sofia Lisboa

Sofia Lisboa esteve na tarde desta segunda-feira, dia 11, no programa de Júlia Pinheiro para em conversa com a apresentadora recordar a grave doença que mudou a sua vida.

O início da doença

Estava grávida de 14 semanas, daquele que era o seu primeiro filho, quando recebeu a trágica notícia de que tinha uma leucemia grave.

“Quando ouvi o tom da minha médica ao telefone o pior que eu pensei foi: há qualquer coisa com a criança. Longe de mim imaginar que não só a criança estava condenada, como eu própria”, recorda.

Já depois de ter conhecimento do diagnóstico, que não avizinhava nada de bom, soube que teria de interromper a gravidez. Os nervos acabaram por provocar-lhe um aborto. Um momento que esta garante: “não se esquece”.

“O aborto foi durante a noite, de manhã acabaram a aspiração e de tarde já estava a fazer quimioterapia”, conta, lembrando que começou de imediato os tratamentos.

A família foi preparada para o pior

Respirou de alívio quando soube que a irmã poderia doar-lhe medula, mas antes do transplante teve ainda de ultrapassar uma nova dificuldade: ficou em coma induzido. Correu risco de vida e a família foi preparada para o pior.

Contra todos os prognósticos, a ex-vocalista da banda Silence 4 recuperou, fez o transplante e sobreviveu. Contudo, e porque nada na sua vida é fácil, seguiu-se uma nova complicação: foi obrigada a redobrar a medicação e viu o seu corpo inchar, sofreu um grande aumento de peso e um crescimento de pelos por toda a parte.

Chegou a pensar no suicídio devido às dores, mas com a força que lhe é conhecida deu a volta à situação.

Recuperada e feliz, Sofia vai regressar aos palcos

Atualmente, Sofia não pode trabalhar devido à pensão total por invalidez que, durante os três anos em que esteve no hospital, lhe foi atribuída. Caso pretenda trabalhar, além de perder a pensão esta ainda obrigada a devolver todo o dinheiro que até agora lhe foi atribuído.

Ainda que esteja impedida de receber os direitos pelas músicas que gravou, esta não desistiu do sonho de continuar a cantar… mesmo que nada ganhe com isso.

No próximo dia 12 de abril, Sofia Lisboa apresenta em Leiria um novo espetáculo - ‘La Bohéme’ - que marca o seu regresso aos palcos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as notícias dos famosos, realeza, moda e as mulheres mais elegantes.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de atores, atrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório