DBRS: "Portugal continuará sempre sob pressão"

Francisco Louçã acredita que as agências de notação não modificarão a nota dada a Portugal, independentemente da economia.

© Global Imagens
Economia Francisco Louçã

Francisco Louçã indicou, esta sexta-feira, no seu espaço de comentário da SIC Notícias, que “não há nenhuma surpresa” no anúncio da notação portuguesa por parte da agência Dominion Bond Rating Service (DBRS).

PUB

“A DBRS atua segundo as instruções do Banco Central Europeu (BCE) e atua com muita prudência, mantendo margens de manobra para pressionar o governo português, e é disso que se trata”, afirmou o comentador.

“Aliás, vendo o documento da DBRS percebe-se que eles assinalam as vantagens na política orçamental mas depois incluem riscos como, por exemplo, não se continuarem reformas orçamentais”, acrescentou, sublinhando que é documento “completamente ideológico”.

O antigo líder do Bloco de Esquerda acredita que as agências de notação, “independentemente do que se passe na economia portuguesa, não modificarão a nota” e que, portanto, “Portugal continuará sempre sob pressão mesmo que não na mesma forma institucional”.

Recorde-se que a agência canadiana manteve, esta sexta-feira, a classificação da dívida soberana de longo prazo de Portugal no nível 'BBB' (acima de 'lixo'), e a perspectiva ('outlook') como ‘estável’.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser