Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2018
Tempo
11º
MIN 9º MÁX 12º

Edição

Marco Tulio Pellegrini assume presidência da OGMA

O novo presidente da OGMA -- Indústria Aeronáutica de Portugal, Marco Tulio Pellegrini, foi designado pela assembleia-geral de acionistas para o triénio de 2017/2019, avançou hoje a empresa de serviços de manutenção e fabrico de aeronaves.

Marco Tulio Pellegrini assume presidência da OGMA
Notícias ao Minuto

13:39 - 03/04/17 por Lusa

Economia Aeronáutica

Marco Tulio Pellegrini ocupa o cargo de presidente e presidente-executivo no Conselho de Administração e sucede a Rodrigo Rosa, que passou a assumir as funções de administrador financeiro (CFO) da Embraer para a região da Europa, África e Médio Oriente, mantendo-se na administração da OGMA como administrador não-executivo.

Na reunião geral de acionistas, foram também aprovados os nomes de Jackson Schneider e Luís Carlos Affonso como representantes da Airholding (100% detida pela Embraer) e Júlio Castro Caldas e o General Luís Esteves de Araújo em representação da Empordef (100% detida pelo Estado Português).

Em 2016, a empresa alcançou um volume de vendas de 195,4 milhões de euros e um lucro de 10,1 milhões de euros, tendo sido aprovado, também, a distribuição de lucros pelos colaboradores no total de 1,47 milhões de euros, que "serão distribuídos conforme critérios de elegibilidade e cumprimento de metas", salienta a empresa em comunicado.

Criada em 1918, a OGMA -- Indústria Aeronáutica de Portugal, S.A. assenta a sua atividade em duas áreas de negócio: manutenção, reparação e revisão-geral de aeronaves e de motores e componentes de aviação comercial, executiva e de defesa, e fabrico de aeroestruturas para aeronaves civis e militares.

Em fevereiro de 1994 a empresa tornou-se uma Sociedade Anónima (S.A.) e mudou a denominação, passando de as O.G.M.A. -- Oficinas Gerais de Material Aeronáutico para OGMA -- Indústria Aeronáutica de Portugal, S.A.

Desde a privatização, concretizada em 2005, a OGMA é detida em 65% pela Airholding SGPS (100% Embraer) e em 35% pela Empordef (100% Estado português).

A empresa emprega mais de 1.700 trabalhadores.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório