Petróleo volta a cair. Descida não tem fim à vista

O primeiro dia desta semana está a ser pouco animador para o 'ouro negro', seguindo-se a uma sexta-feira em que os preços ficaram praticamente iguais.

© Getty Images
Economia Matérias-Primas

Começa a faltar o ar ao petróleo nos mercados internacionais. A matéria-prima mais importante do mundo vive mais um dia de perdas, uma tendência que tem sido quase constante ao longo das últimas duas semanas.

PUB

Esta manhã, o crude está a perder 1,52% do valor no mercado de Nova Iorque rumo aos 48,04 dólares por barril e está a cair 1,06% rumo aos 51,21 dólares por unidade transacionável em Londres. Em ambos os casos, a cotação de hoje é a segunda mais baixa deste ano, apenas acima dos valores do dia 14 deste mês.

A queda das duas últimas semanas deve-se ao inesperado anúncio de um aumento substancial as reservas de crude nos Estados Unidos, que anulou o corte de produção acordado pelos membros da OPEP perto do final do ano passado.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser