Meteorologia

  • 28 FEVEREIRO 2024
Tempo
16º
MIN 9º MÁX 16º

OE2023. Pagamentos em atraso aumentam até outubro

Os pagamentos em atraso das entidades públicas fixaram-se em 1.155,8 milhões de euros até outubro, um aumento de 171,5 milhões de euros face ao período homólogo de 2022, segundo a Direção-Geral do Orçamento (DGO).

OE2023. Pagamentos em atraso aumentam até outubro
Notícias ao Minuto

19:46 - 30/11/23 por Lusa

Economia DGO

De acordo com a síntese de execução orçamental da DGO divulgada hoje, o valor traduz um aumento de 191,3 milhões de euros face ao mês anterior.

Para a evolução homóloga contribuiu o aumento registado no subsetor da saúde (131,2 milhões de euros) e na Administração Regional (61,1 milhões de euros), parcialmente contrariado pela evolução na Administração Central excluindo o subsetor da Saúde (-14,3 milhões de euros) e nas Entidades Públicas Reclassificadas (-6,5 milhões de euros).

Já para a variação mensal, o maior contributo registou-se nos Hospitais EPE com um aumento de 135,9 milhões, seguido pelo Setor Público Administrativo da Saúde com 53,4 milhões de euros e pela Administração Regional com 7,5 milhões de euros.

São considerados pagamentos em atraso dívidas por pagar há mais de 90 dias.

Leia Também: Aprovados pagamentos de impostos por empresas apenas por via eletrónica

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório