Meteorologia

  • 25 JUNHO 2024
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 24º

Cabo Verde. Donativos internacionais aumentam quase 260% no 1.º trimestre

Os donativos internacionais recebidos por Cabo Verde aumentaram quase 260% no primeiro trimestre do ano, para 495,1 milhões de escudos (4,5 milhões de euros), segundo dados do Ministério das Finanças compilados hoje pela Lusa.

Cabo Verde. Donativos internacionais aumentam quase 260% no 1.º trimestre
Notícias ao Minuto

10:51 - 02/06/23 por Lusa

Economia Cabo Verde

De acordo com um relatório sobre a execução orçamental do primeiro trimestre, essas transferências - que envolvem ajuda alimentar, donativos diretos e apoios de governos ou de organizações internacionais -- tinham ascendido a apenas 138 milhões de escudos (1,2 milhão de euros) no mesmo período de 2022.

Trata-se de um crescimento em 2023 de 258,9% em termos homólogos e uma taxa de execução de 8,2% tendo em conta os 6.009 milhões de escudos (54 milhões de euros) que o Governo de Cabo Verde pretende angariar com estes apoios este ano.

No documento, o Ministério das Finanças justifica este desempenho com o acréscimo das transferências de governos estrangeiros, em 309,5 milhões de escudos (2,8 milhões de euros), nomeadamente pela "entrada da ajuda orçamental do Luxemburgo", mas também ajuda alimentar e donativos diretos, como pelo aumento das transferências de organizações internacionais e nas transferências às administrações públicas.

Estes donativos internacionais recebidos por Cabo Verde caíram praticamente para metade em 2022, para menos de 20 milhões de euros, segundo dados anteriores do Ministério das Finanças.

De acordo com um relatório sobre a execução orçamental de janeiro a dezembro de 2022, essas transferências ascenderam a quase 3.985 milhões de escudos (36,2 milhões de euros) em 2021.

Contudo, em todo o ano passado, essas transferências caíram 46,5%, para 2.131 milhões de escudos (19,3 milhões de euros), segundo o mesmo relatório.

Estes donativos recebidos por Cabo Verde já caíram praticamente 24% em 2021, face ao ano anterior, para 3.985 milhões de escudos (36,2 milhões de euros), indicam dados do Ministério das Finanças noticiados anteriormente pela Lusa. Esse desempenho compara ainda com os 5.223 milhões de escudos (47,5 milhões de euros) em transferências recebidas por Cabo Verde em todo o ano de 2020.

De acordo com dados do Ministério das Finanças, o país recebeu em 2018, com transferências de donativos internacionais, 2.575 milhões de escudos (23,4 milhões de euros), valor que disparou para 6.238 milhões de escudos (56,8 milhões de euros) em 2019.

O Governo cabo-verdiano reconheceu no final de outubro que ainda necessita de apoios externos de 40 milhões de euros para financiar as medidas de mitigação da crise provocada pela escalada de preços nos alimentos e energia, processo que espera fechar em 2023.

Leia Também: Movimento nos aeroportos de Cabo Verde sobe para 197 mil em abril

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório