Meteorologia

  • 08 FEVEREIRO 2023
Tempo
MIN 7º MÁX 12º

Após queda de 20% nas ações, CEO da Vodafone Nick Read renuncia ao cargo

Margherita Della Valle será CEO interina.

Após queda de 20% nas ações, CEO da Vodafone Nick Read renuncia ao cargo
Notícias ao Minuto

08:41 - 05/12/22 por Notícias ao Minuto com Lusa

Economia Vodafone

A Vodafone anunciou esta segunda-feira que o presidente-executivo, Nick Read, deixará a gigante das telecomunicações no final do ano.

O CEO da Vodafone, que está na empresa há mais de 20 anos, está sob pressão crescente após a queda de 20% das ações da Vodafone neste ano, refere a Bloomberg. 

"Concordei com o conselho que agora é o momento certo para entregar a pasta a um novo líder que pode aproveitar os pontos fortes da Vodafone e capturar as oportunidades significativas", disse em comunicado.

Nick Read estará como consultor do Conselho até 31 de março de 2023.

A chefe de finanças, Margherita Della Valle, será CEO interina com foco em acelerar a execução da estratégia da empresa, referiu a Vodafone. 

Della Valle vai acelerar a execução da estratégia do grupo para melhorar o desempenho operacional e proporcionar valor aos acionistas, afirma o comunicado.

A Vodafone disse também que além de ser nomeada CEO interina da empresa, Della Valle continuará como diretora financeira.

O Conselho de Administração já começou o processo para encontrar um novo CEO para o gigante das telecomunicações.

Jean-François van Boxmeer, presidente da Vodafone, agradeceu hoje no comunicado a Read pelo "seu empenho e contribuição significativa para a Vodafone como CEO e durante a sua carreira, que se estende por mais de duas décadas com a empresa".

"Durante os seus quatro anos como CEO, [o gestor] conduziu a Vodafone através da pandemia, assegurando que os nossos clientes permanecessem ligados às suas famílias e empresas", afirmou.

Van Boxmeer observou também que Read "tem-se concentrado na Europa e África como fornecedor de conectividade convergente e liderou a indústria na Europa com enorme valor derivado da infraestrutura de torres".

Pela sua parte, Read admitiu que "foi um privilégio passar mais de 20 anos na Vodafone" e disse que estava "orgulhoso" das realizações para os clientes e a sociedade em toda a Europa e África.

[Notícia atualizada às 11h24]

Leia Também: Receitas da Vodafone Portugal sobem 6,2% no primeiro semestre fiscal

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório