Meteorologia

  • 09 DEZEMBRO 2022
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 18º

TAP recua. Vai "manter a atual frota durante um período máximo de um ano"

Comissão Executiva da TAP diz que "compreende o sentimento geral dos portugueses" e vai "manter a atual frota durante um período máximo de um ano, enquanto reavalia a política de mobilidade" da empresa.

TAP recua. Vai "manter a atual frota durante um período máximo de um ano"

A TAP revelou, esta quinta-feira, que vai manter a frota atual pelo período máximo de um ano, enquanto reavalia a política de mobilidade da empresa, reiterando, no entanto, que a decisão de comprar carros de luxo é a "menos onerosa" para a companhia aérea. 

"A Comissão Executiva da TAP compreende o sentimento geral dos portugueses e, apesar da decisão que tomou quanto à frota automóvel ser a menos onerosa para a Companhia nas atuais condições de mercado,  a TAP procurará manter a atual frota durante um período máximo de um ano, enquanto reavalia a política de mobilidade da Empresa", pode ler-se numa nota a que o Notícias ao Minuto teve acesso. 

Em causa está a notícia avançada pela TVI/CNN Portugal e pelo portal Away, na quarta-feira, de que a TAP encomendou uma nova frota de automóveis BMW para a administração e gestores, substituindo os da Peugeot.

A TAP defende que a renovação da frota automóvel permite uma poupança de 630 mil euros anuais, justificando que em causa estão 50 viaturas, para o qual foi feito um concurso ao mercado, tendo sido convidadas a participar seis entidades no mercado português.

Já esta quinta-feira, o Sitava acusou a TAP de falta de "sensibilidade e bom senso", na polémica sobre a renovação dos carros para administradores, e pediu que a empresa demonstre que não tem dualidade de critérios no cumprimento de contratos.

Entre outras reações que foram divulgadas na quarta-feira, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, apontou à companhia aérea portuguesa "um problema de bom-senso", defendendo contenção em tempos difíceis.  

"Já falei em relação a várias entidades públicas no passado e em relação à distribuição de dividendos e em relação aos salários e entendo que quando se está num período de dificuldade deve fazer-se um esforço para dar o exemplo de contenção", defendeu Marcelo Rebelo de Sousa.

[Notícia atualizada às 16h00]

Leia Também: Carros de luxo? Sitava acusa TAP de falta de "sensibilidade e bom senso"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório