Meteorologia

  • 09 DEZEMBRO 2022
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 17º

Moita. Constrangimentos em transportes rodoviários resolvidos em novembro

A empresa Alsa-Todi garantiu hoje numa reunião com a autarquia da Moita, no distrito de Setúbal, que os constrangimentos no transporte rodoviário estarão resolvidos que na primeira quinzena de novembro.

Moita. Constrangimentos em transportes rodoviários resolvidos em novembro
Notícias ao Minuto

23:38 - 03/10/22 por Lusa

Economia Transportes

A informação foi hoje divulgada pela Câmara Municipal da Moita numa informação disponibilizada na sua página no Facebook sobre uma reunião entre a autarquia e representantes da Alsa- Todi e dos Transportes Metropolitanos de Lisboa.

"A empresa transportadora garantiu que a situação tenderá a ficar resolvida, gradualmente, à medida que os motoristas contratualizados pela empresa forem chegando, prevendo-se como meta para a sua resolução total, o final da primeira quinzena de novembro", lê-se na nota da autarquia.

Segundo a Câmara Municipal da Moita, na reunião de hoje foram apresentadas as reclamações dos utentes que têm chegado à autarquia e que já tinham sido levadas em reuniões anteriores, a última das quais na passada semana.

As questões mais prementes prendem-se com a carreira 4701, que liga a Moita a Lisboa, bem como as carreiras que servem as escolas.

"Os problemas da 4701 são conhecidos e prendem-se com o fato das carreiras ficarem lotadas logo nas primeiras paragens e, apesar de não colmatar todas as falhas, a transportadora assumiu que irão chegar, num curto espaço de tempo, autocarros com uma maior capacidade para transportar mais pessoas", refere a autarquia.

Ainda em relação à 4701, adianta, foi pedido um reforço, incluindo as que se iniciam na Moita.

Contudo, explica a autarquia, "a situação só ficará, definitivamente, resolvida quando estiverem ao serviço todos os motoristas necessários".

A Câmara Municipal da Moita refere ainda que os representantes da Alsa-Todi indicaram que estão a ser desenvolvidos todos os esforços para desbloquear a situação dos motoristas cabo-verdianos que a empresa contratou e que na próxima sexta-feira os trabalhadores deverão aterrar em Lisboa para iniciarem funções imediatamente.

Os motoristas terão ainda cerca de duas a três semanas de formação e que só depois disso poderão começar a operar nas carreiras.

Quanto às linhas que servem as escolas do concelho, a autarquia adianta que foi pedida especial atenção para o ajuste entre as carreiras e os horários escolares "o que a empresa acolheu afirmando que esse trabalho também já está a ser feito".

A empresa Alsa Todi é a operadora de transportes públicos rodoviários da Carris Metropolitana que ganhou o concurso público do lote 4, que abrange os concelhos de Alcochete, Moita, Montijo, Palmela e Setúbal.

Leia Também: Protestos contra mau serviço de transporte em Setúbal e no Montijo

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório