Meteorologia

  • 14 ABRIL 2024
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 29º

Crédito pessoal? Faça as "contas antes de contratar"

E não se esqueça: "Quando se contrata um crédito o capital é devolvido com os respetivos juros".

Crédito pessoal? Faça as "contas antes de contratar"
Notícias ao Minuto

09:07 - 12/07/22 por Notícias ao Minuto

Economia Empréstimo

Se está a pensar contratar um crédito pessoal - ou qualquer outro crédito - é fundamental estar bem informado antes de tomar uma decisão e, ao mesmo tempo, fazer bem as contas, recomenda a Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO). 

"Embora a ideia de concretizar projetos sem ter de esperar até amealhar o valor de que necessita possa parecer atrativa, deve lembrar-se de que quando se contrata um crédito o capital é devolvido com os respetivos juros", adianta a associação. 

De acordo com a DECO, as instituições bancárias devem "avaliar a solvabilidade dos clientes quando estes solicitam algum crédito", mas ao consumidor cabe efetuar "uma avaliação aos seus próprios rendimentos antes de contratar um crédito".

"O peso de todas as prestações que tem para pagar não deverá ultrapassar 35% do seu rendimento mensal líquido", recomenda a DECO, pelo que deve "fazer contas antes de contratar um crédito". 

Ora, "se depois de fazer estas contas concluir que consegue pagar uma nova prestação, é importante que escolha a melhor opção. O ideal é que tenha o menor custo possível com o crédito pessoal".

"Deve fazer várias simulações, iguais em montante financiado e prazo, e comparar a TAEG, que contempla juros, comissões, impostos e custos com seguros obrigatórios. Quanto menor a TAEG de um crédito, melhor, porque terá menos custos. Por isso, ao comparar várias simulações iguais em montante e prazo, deve optar pelo crédito que apresentar a TAEG mais baixa", pode ainda ler-se. 

Leia Também: Crise na aviação: Prosseguem os cancelamentos no Aeroporto de Lisboa

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório