Meteorologia

  • 04 JULHO 2022
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 28º

OE2022: Pandemia custou ao Estado 1.461 milhões até abril

As medidas de mitigação e combate contra a covid-19 custaram aos cofres do Estado 1.461 milhões de euros nos primeiros quatro meses do ano, anunciou hoje o Ministério das Finanças.

OE2022: Pandemia custou ao Estado 1.461 milhões até abril
Notícias ao Minuto

19:47 - 26/05/22 por Lusa

Economia Coronavírus

"Não obstante a menor magnitude das medidas covid-19 em 2022 face ao período homólogo, o impacto no saldo até abril ascende a 1.461 milhões de euros", adiantou, em comunicado, o executivo.

Para este valor contribuíram as medidas extraordinárias do lado da receita, que corresponderam a 240 milhões de euros.

Destaca-se aqui a perda da receita que decorre da prorrogação do pagamento do IVA, que se fixou em 241 milhões de euros, bem como o encaixe da revenda de vacinas contra a covid-19 a países terceiros.

No que se refere à despesa, as medidas com impacto no saldo representaram 1.221 milhões de euros, destacando-se os apoios direcionados ao rendimento das famílias (340 milhões de euros) e ao setor da saúde (429 milhões de euros) e às empresas (320 milhões de euros).

Leia Também: Estado regista défice de 782 milhões até abril. Melhoria de 4.272 milhões

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório