Meteorologia

  • 04 DEZEMBRO 2021
Tempo
16º
MIN 10º MÁX 17º

Edição

OE2022: ANJE defende "incentivo maior" à tecnologia nacional

Carlos Carvalho, membro da direção da Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE) defende "um incentivo maior" à tecnologia e a aposta na transição da tecnologia do meio académico para a criação de produtos e serviços de valor acrescentado.

OE2022: ANJE defende "incentivo maior" à tecnologia nacional
Notícias ao Minuto

08:35 - 21/10/21 por Lusa

Economia OE2022

O responsável falava à Lusa no Dubai, onde participa na maior feira de tecnologia da região, a Gitex'2021 que termina hoje, tendo ainda marcado presença no Pavilhão de Portugal, na Expo 2020 Dubai, para assistir a apresentação da ação de promoção internacional "Portugal Digital Nation" apresentada pela Associação Nacional de Empresas das Tecnologias de Informação e Eletrónica (Anetie).

Questionado sobre o que gostaria de ter visto no Orçamento do Estado para o próximo ano, Carlos Carvalho afirmou: "Há sempre (...) medidas que gostaríamos de ter visto e não vimos".

No entanto, "nesta fase de retoma - queremos que seja de retoma, depois destes quase dois anos de pandemia - dar um incentivo maior àquilo que é a tecnologia nacional e apostar na transição de tecnologia do meio académico, das universidades, para criação de produtos e serviços que sejam de valor acrescentado para o país, é importante", defendeu o responsável da ANJE.

"Portanto, criar aí algum tipo de incentivo que seja do lado fiscal, seja do lado do incentivo mais direto, acho muito importante", acrescentou.

"Se bem que eu acho que o tema é aproveitar o que são os fundos comunitários e aí, mais do que os distribuir e de os conseguir disponibilizar para as empresas poderem desenvolver aquilo que é preciso desenvolver, é preciso depois serem ágeis na sua execução", alertou.

Por isso, defendeu que as entidades intermédias "sejam reforçadas para serem mais capazes", no sentido de "poderem ter mais possibilidade para ajudar as empresas a conseguirem crescer", rematou.

A proposta de Orçamento do Estado para 2022 prevê que a economia portuguesa cresça 4,8% em 2021 e 5,5% em 2022.

O primeiro processo de debate parlamentar do OE2022 decorre entre 22 e 27 de outubro, dia em que será feita a votação, na generalidade. A votação final global está agendada para 25 de novembro, na Assembleia da República.

Leia Também: OE2022: Fesap junta-se à Frente Comum e anuncia greve para 12 de novembro

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório