Meteorologia

  • 24 SETEMBRO 2021
Tempo
22º
MIN 17º MÁX 23º

Edição

Acionistas da Media Capital sem compromisso para venda das ações na OPA

Os acionistas da Media Capital Biz Partners, CIN, DoCasal Investimentos, Fita & Essências, Triun e Zenithodissey não têm qualquer compromisso acionista para a venda das ações na OPA obrigatória lançada pela Pluris Investments, informou hoje a dona da TVI.

Acionistas da Media Capital sem compromisso para venda das ações na OPA
Notícias ao Minuto

20:44 - 17/06/21 por Lusa

Economia TVI

Em novembro, a Pluris Investments, do empresário Mário Ferreira, lançou uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) obrigatória sobre 69,78% da Media Capital, na sequência da decisão da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) por considerar ter havido "exercício concertado" entre a Vertix (Prisa) e a Pluris.

Em comunicado hoje divulgado, a Media Capital, na sequência da determinação da CMVM, informou o mercado "acerca do conhecimento de eventuais compromissos de acionistas relativamente à posição sobre a alienação das respetivas ações no contexto da OPA preliminarmente anunciada pela Pluris Investments".

A Media Capital salienta que, "com vista a satisfazer a referida determinação, foram efetuadas diligências junto de acionistas titulares de participação qualificadas da sociedade, onde se incluem a Biz Partners, CIN, DoCasal Investimentos, Fita & Essências, Triun e Zenithodissey.

No caso da Biz Partners SGPS, esta "emitiu declaração de bloqueio das suas ações, conforme já antes comunicado à CMVM", e "não existe qualquer acordo ou compromisso com a Pluris (ou pessoa consigo relacionada), direta ou indiretamente, que seja causal da declaração de não aceitação da oferta que foi emitida".

Por sua vez, a CIN - Confederação Industrial do Norte "comunicou à CMVM o compromisso irrevogável de não aceitação desta oferta pública geral e obrigatória de aquisição da totalidade das ações representativas do capital social e dos direitos de voto da sociedade grupo Media Capital", referindo que "inexiste de qualquer acordo ou compromisso assumido com a Pluris ou pessoa consigo relacionada, conexo, direta ou indiretamente, com a presente declaração de não aceitação da oferta".

Também a DoCasal Investmentos, da apresentadora Cristina Ferreira, refere que "não tem interesse, como já comunicou à CMVM, em que a sua participação seja objeto da oferta pública" e "bloqueou as suas ações livremente, mas não assumiu qualquer acordo ou compromisso com a Pluris a esse propósito, nem a Pluris assumiu qualquer acordo ou compromisso a esse propósito".

A Fitas & Essências Lda "bloqueou as ações até 29 de outubro" e a Triun SGPS "não aceita a oferta e instruiu o bloqueio das ações, não tem qualquer acordo ou compromisso com outros acionistas relativo ao bloqueio".

Também a Zenithodissey Lda "não aceita a oferta, conforme já antes comunicado à CMVM", e "confirma igualmente não existir qualquer acordo ou compromisso assumido com a Pluris (ou pessoa consigo relacionada), conexo, direta ou indiretamente, com a referida declaração de não aceitação da oferta", lê-se no comunicado.

Leia Também: TVI revela novos detalhes sobre inscrições no 'Big Brother'

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório