Meteorologia

  • 10 ABRIL 2021
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

Covid-19: Turismo de Portugal apresentou plano de retoma para o setor

O Turismo de Portugal apresentou hoje ao Conselho Estratégico para a Promoção Turística Externa (CEPT) um plano de retoma para a promoção do setor, apoiado na sustentabilidade e digitalização, segundo um comunicado.

Covid-19: Turismo de Portugal apresentou plano de retoma para o setor
Notícias ao Minuto

19:42 - 12/01/21 por Lusa

Economia Covid-19

"Um dos eixos basilares da estratégia de promoção turística para 2021 é a sustentabilidade, ao incorporar ações e iniciativas que respondem ao desígnio de criar um turismo responsável e que reflete os objetivos para o desenvolvimento sustentável", lê-se na nota divulgada pelo Governo.

"Neste sentido, no âmbito de uma comunicação focada na mudança de paradigma da procura e com o objetivo de reforçar a perceção de destino sustentável, é hoje lançado um desafio aos nossos principais mercados emissores, intitulado #CantSkipTomorrow", revelou na informação divulgada após a apresentação ao CEPT, uma estrutura consultiva do Governo, que agrega várias entidades.

Além disso, o plano contempla "o reforço da digitalização da atividade promocional, expresso designadamente num maior alinhamento na utilização de tecnologia entre as Agências Regionais de Promoção Turística (ARPT's) e o Turismo de Portugal" bem como "a amplificação do ecossistema de conteúdos partilhados nas plataformas digitais".

A mesma nota indica que o plano de retoma para 2021 "apresenta ainda como prioridades a reposição da conectividade aérea, o estímulo à operação turística, a criação de oferta comercial de produtos turísticos diferenciados que promovam a coesão territorial e a capacitação do 'trade' nacional e internacional".

"Em 2021, as prioridades passarão por promover a articulação com as empresas e o alinhamento com e entre os destinos regionais, bem como por assegurar o acompanhamento em permanência dos mercados, com agilidade, flexibilidade, cooperação e rapidez para dar resposta às oportunidades que se venham a verificar na procura e na operação turística", disse, na sua intervenção durante a reunião, o ministro de Estado, da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira, segundo a nota divulgada.

Por sua vez, a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, igualmente citada no comunicado, apontou "a flexibilidade de uma estratégia que se adapta à procura e às tendências de viagem das pessoas e que é, em simultâneo, uma plataforma de marca consciente, consequente com os seus valores, nomeadamente a sustentabilidade, e que visa contribuir para o bem de todos".

Em dezembro, Rita Marques disse que Governo queria lançar a Estratégia Europeia para o setor do Turismo até 2050 durante a presidência portuguesa do Conselho da União Europeia.

"Temos uma missão na PPUE21, que é, durante a nossa presidência, podermos lançar a estratégia europeia para o setor do turismo" até 2050, disse Rita Marques,numa audição da comissão parlamentar de Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação, na Assembleia da República.

"Esta presidência portuguesa do Conselho Europeu é uma oportunidade que nós não gostaríamos de desperdiçar, muito pelo contrário. Esta presidência permite colocar também o turismo mais uma vez na agenda europeia", acrescentou a governante.

A secretária de Estado assumiu que "seria muito positivo" se Portugal conseguisse, durante a sua presidência, garantir a manutenção do destino turístico europeu como "o mais competitivo do mundo".

Leia Também: Covid-19: Turismo de Portugal lança nova linha com dotação de 300 milhões

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório