Meteorologia

  • 01 MARçO 2021
Tempo
12º
MIN 9º MÁX 18º

Edição

Bolsas europeias em baixa, preocupadas com incerteza nos EUA

As principais bolsas europeias abriram hoje em baixa, devido aos resultados muito renhidos que geram incerteza quanto ao vencedor das eleições presidenciais nos Estados Unidos.

Bolsas europeias em baixa, preocupadas com incerteza nos EUA

Cerca das 08h55 em Lisboa, o EuroStoxx 600 desvalorizava-se 0,27%, para 355,05 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt recuavam 0,11%, 0,03% e 0,95%, respetivamente, bem como as de Madrid e Milão, que se desvalorizavam 1,68% e 0,78%.

Depois de ter aberto em baixa, a bolsa de Lisboa mantinha a tendência e, cerca das 08:55, o principal índice, o PSI20, caia 0,98%, para 4.009,84 pontos.

Segundo operadores da Renta4Banco, citados pela Efe, os investidores estão surpreendidos com os resultados tão renhidos entre os dois candidatos, porque tinham antecipado, com base nas sondagens, uma vitória clara do candidato democrata, Joe Biden.

Os investidores também estão preocupados com a situação de máxima igualdade entre os dois candidatos que pode abrir uma longa etapa de incerteza, adiantam os operadores.

De facto, apesar da contagem de votos ainda não ter terminado, o atual presidente e candidato republicano, Donald Trump, já se declarou vencedor e assegurou que recorrerá ao Supremo Tribunal para denunciar uma presumível "fraude".

Na quarta-feira, a bolsa de Nova Iorque fechou em alta, com o Dow Jones a subir 2,06%, para 27.480,03 pontos, contra 29.551,42 pontos em 12 de fevereiro, atual máximo desde que foi criado, em 1896.

No mesmo sentido, o Nasdaq terminou a valorizar-se 1,85% para 11.160,57 pontos, contra o atual máximo de sempre, de 12.056,33 pontos, em 02 de setembro.

A nível cambial, o euro abriu hoje em baixa no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,1656 dólares, contra 1,1710 dólares na terça-feira e o máximo desde 15 de maio de 2018, de 1,1944 dólares, em 31 de agosto.

O barril de petróleo Brent para entrega em janeiro abriu também com tendência negativa, a cotar-se a 39,60 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 39,71 dólares na terça-feira e o máximo desde março, de 48,29 dólares, em 25 de agosto.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório