Meteorologia

  • 25 NOVEMBRO 2020
Tempo
14º
MIN 8º MÁX 16º

Edição

Transtejo adjudica aquisição de 10 navios elétricos por 52 milhões

A Transtejo adjudicou ao estaleiro espanhol Astilleros Gondán, S.A. a aquisição de 10 navios totalmente elétricos, a partir de 2022, para as ligações entre Lisboa e a margem sul, anunciou hoje a empresa de transporte fluvial.

Transtejo adjudica aquisição de 10 navios elétricos por 52 milhões
Notícias ao Minuto

22:24 - 23/10/20 por Lusa

Economia Transtejo

A decisão decorreu do maior concurso público internacional realizado até hoje "a nível mundial", reafirmou um comunicado da Transtejo Soflusa, e tem um valor global de mais de 50 milhões de euros (52.440.000 euros), que necessita ainda do visto do Tribunal de Contas.

"O investimento numa frota de navios ambientalmente sustentável, dotada de um sistema de propulsão 100% elétrico, com consumos energéticos inferiores às dos navios atuais e sem emissões de GEE (em 2019, o consumo de gasóleo foi de cerca de 5,249 milhões de litros, correspondente à emissão de 13.122 toneladas de CO2) vai de encontro à estratégia nacional para a descarbonização", refere a empresa no comunicado enviado à agência Lusa.

Em 08 de outubro, o ministro do Ambiente tinha anunciado, na abertura do segundo dia da conferência virtual Portugal Mobi Summit, que estava à espera do relatório final do júri do concurso, que seria depois apreciado pelo Conselho de Administração da Transtejo.

De acordo com o ministro, João Matos Fernandes, que tutela os transportes urbanos, em causa está o transporte de "19 milhões de passageiros por ano movidos exclusivamente a eletricidade", o que constitui "a maior operação do mundo" deste género.

De acordo com fonte do Ministério do Ambiente e da Ação Climática, encontravam-se nesta fase de avaliação quatro concorrentes, nomeadamente os Estaleiros Navais de Peniche, a Majestic Glow Marine Pte. Ltd., de Singapura e a holandesa Holland Shipyards, além da empresa asturiana Astilleros Gondán, S.A., à qual foi adjudicada a aquisição dos navios.

A adjudicação foi feita de acordo com o critério da proposta economicamente mais vantajosa, tendo em conta três fatores-chave de avaliação: valia técnica dos navios (peso de 45%), preço de aquisição (40%) e o prazo de entrega (15%).

Em relação a prazos, a fonte do ministério adiantou, em 08 de outubro, não ser possível prever "nem a data do visto do Tribunal de Contas nem, consequentemente, a da assinatura dos contratos".

No entanto, acrescentou que atualmente "é expectável que a entrega dos navios ocorra do seguinte modo: os quatro primeiros navios em 2022, quatro navios em 2023 e os restantes dois em 2024".

A Transtejo assegura as ligações fluviais a Lisboa a partir de Seixal, Montijo, Cacilhas e Trafaria/Porto Brandão.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório