Meteorologia

  • 02 DEZEMBRO 2020
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 18º

Edição

Bolsa de Wall street segue em alta depois de agosto positivo

A bolsa de Nova Iorque negociava hoje em alta, depois do melhor mês de agosto desde 1984 para o Dow Jones e desde 1986 para o S&P500, e de mais um recorde do Nasdaq na segunda-feira.

Bolsa de Wall street segue em alta depois de agosto positivo
Notícias ao Minuto

16:26 - 01/09/20 por Lusa

Economia Bolsas

Às 15:43 (hora de Lisboa), o índice Dow Jones ganhava 0,28% para 28.508,43 pontos, o tecnológico Nasdaq avançava 0,92% para 11.883,32 pontos e o índice alargado S&P 500 subia 0,39% para 3.513,94 pontos.

A bolsa nova-iorquina encerrou na sexta-feira uma sessão sem rumo, mas com o melhor mês de agosto desde 1984 para o Dow Jones e desde 1986 para o S&P500 e o Nasdaq a estabelecer mais um recorde.

Os resultados definitivos indicam que o índice seletivo Dow Jones Industrial Average recuou 0,78% para os 28.430,05 pontos. Porém, recentemente as valorizações levaram-no ao seu nível do início do ano e no conjunto do mês progrediu 7,6%.

No último dia de agosto, o índice alargado S&P500 retraiu 0,22%, para as 3.500,31 pontos, mas terminou o mês em alta de 7%.

Desde meados de agosto, que alcançou um recorde, apagando assim completamente as perdas que sofreu desde o início da pandemia nos EUA.

Já o tecnológico Nasdaq valorizou na segunda-feira 0,68%, para os 11.775,46 pontos, o que constituiu mais um recorde.

A evolução que se verificou na praça financeira resultou "do fluxo e refluxo do mercado", perante a ausência de informações relevantes e numerosos investidores, comentou Art Hogan, de National Holdings.

O mercado "vai entrar agora em um mês que é tradicionalmente um pouco complicado", sublinhou Peter Cardillo, da Spartan Capital Securities.

"Mas com um banco central (dos EUA) que continua largamente ao lado do mercado acionista, vamos evitar de certeza qualquer contração significativa", previu.

Com efeito, a Reserva Federal anunciou na semana passada que poderia deixar crescer a taxa de inflação para patamares superiores a 2%, que é o seu valor limite de referência, antes de agir sobre a taxa de juro, o que sugeriu que esta ia continuar durante um período prolongado no seu atual nível baixo.

Os ganhos modestos de hoje seguiram-se a uma ampla queda nos mercados europeus e um resultado misto nos índices de ações da Ásia.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório