Meteorologia

  • 11 ABRIL 2021
Tempo
17º
MIN 11º MÁX 21º

Edição

Taxa de ofertas de emprego recua no primeiro trimestre na zona euro e UE

As ofertas de emprego recuaram para os 1,9% na zona euro e na União Europeia (UE) nos primeiros três meses do ano, quer face ao trimestre anterior, quer na comparação com o período homólogo, segundo o Eurostat.

Taxa de ofertas de emprego recua no primeiro trimestre na zona euro e UE
Notícias ao Minuto

10:39 - 16/06/20 por Lusa

Economia Emprego

Na zona euro, a taxa de ofertas de emprego de 1,9% no primeiro trimestre - quando começaram a ser adotadas as medidas de confinamento devido à pandemia da covid-19 - compara com a de 2,3% no trimestre homólogo e de 2,2% dos últimos três meses de 2019.

Na UE, o indicador recuou também para 1,9%, quer na variação homóloga (2,3%), quer na comparação trimestral (2,1%).

De acordo com o boletim do gabinete estatístico europeu, que não tem dados disponíveis para Portugal, as maiores taxas de ofertas de emprego registaram-se na República Checa (5,7%), Bélgica (3,2%) e Áustria (2,9%) e as menores na Polónia (0,6%), Itália, Irlanda e Bulgária (0,7% cada).

Face ao mesmo trimestre ao ano anterior, o indicador recuou em 20 Estados-membros e manteve-se estável em Espanha, Chipre, Luxemburgo e Finlândia.

As maiores quebras nas taxas de empregos disponíveis observaram-se na Itália, Letónia e Malta (-1,1% cada).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório