Meteorologia

  • 18 JANEIRO 2021
Tempo
12º
MIN 5º MÁX 14º

Edição

Sindicato critica aumentos salariais de 1,0% nos CTT

Os CTT vão aumentar, com efeitos a 01 de janeiro, em 1,0% os salários mais baixos, até cerca de 1.300 euros, indicou o sindicato do setor, considerando que a proposta final da empresa fica aquém do reivindicado.

Sindicato critica aumentos salariais de 1,0% nos CTT
Notícias ao Minuto

00:30 - 01/08/19 por Lusa

Economia Correios

Em comunicado divulgado na quarta-feira à noite, o Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações (SNTCT) refere que a administração da empresa "vai aplicar a sua proposta final, que não repõe o poder de compra e fica abaixo da inflação previsível".

"Como nenhum sindicato deu acordo, as negociações foram encerradas e os CTT decidiram aplicar os aumentos por ato de gestão", assinala o comunicado, realçando que a administração "podia e devia ter ido mais longe", porque continua "a dar lucro que reverte sobretudo para os acionistas".

Segundo o SNTCT, a empresa propõe aumentos de 1,0% para os salários mais baixos, até 1.296,54 euros, de 0,9% para os vencimentos até 1.926,65 euros e de 0,8% para as remunerações até 2.821,10 euros.

Os sindicatos pediam aumentos de pelo menos 1,3% para os salários mais baixos e de 1,2% e 1,1% para os vencimentos mais altos, acima dos 1.296,54 euros.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório