Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2019
Tempo
19º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

Carregamentos pagos de carros elétricos para todos "depende do Governo"

O início de uma "fase comercial", ou seja, de pagamentos para todos os utilizadores nos carregamentos de carros elétricos "está dependente de decisão do Governo", indicou hoje a ERSE - Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos.

Carregamentos pagos de carros elétricos para todos "depende do Governo"
Notícias ao Minuto

20:11 - 19/07/19 por Lusa

Economia ERSE

Num documento a explicar alterações que serão levadas a cabo ao Regulamento da Mobilidade Elétrica (RME), o regulador recordou que "a rede de mobilidade elétrica ainda se encontra a operar em projeto-piloto, ou seja, as regras que se aplicam ainda não são as definitivas", pelo que "o RME publicado pela ERSE ainda tem aplicação reduzida".

O regulador lembrou também que, até 31 de outubro de 2018, "os carregamentos feitos na rede de mobilidade elétrica não tinham custos para os utilizadores", o que se alterou em 01 de novembro do mesmo ano, quando os carregamentos rápidos passaram a ser pagos.

Em 01 de abril de 2019, "passou a ser também possível cobrar os custos aos utilizadores de carregamentos em ponto de carregamento situados em espaços privados de utilização pública (exemplo: espaços comerciais com parque de estacionamento)", mas apenas voluntariamente por parte dos operadores de ponto de carregamento.

Mas o objetivo no futuro é que todos os utilizadores de carros elétricos paguem pelo serviço, decisão que cabe ao Governo, de acordo com a ERSE.

O regulador colocou hoje uma nova versão do RME em consulta pública, tendo em conta a experiência recolhida durante o projeto-piloto e que prevê a publicação do Manual de Procedimentos da Atividade da Entidade Gestora da Rede de Mobilidade Elétrica (EGME), função exercida pela Mobi.e.

"Dado o período temporal decorrido desde a publicação do RME, bem como os desenvolvimentos entretanto ocorridos, tanto no setor elétrico, como no setor da mobilidade elétrica, foram identificadas oportunidades de melhoria no RME", adiantou a ERSE, que aceitará contributos até 02 de setembro deste ano, no âmbito da consulta pública.

Neste momento, há quatro Comercializador de Eletricidade para a Mobilidade Elétrica (CEME) a atuar nesta área: EDP Comercial, Galp Power, PRIO.E e GRCAPP.

Os condutores têm acesso a um cartão de carregamento, sendo que os preços são definidos "livremente" segundo a ERSE.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório