Meteorologia

  • 19 JUNHO 2019
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 20º

Edição

Tome nota: Cinco coisas que deve saber para começar o seu dia

Tome nota dos principais temas da Economia que marcam a agenda desta quinta-feira, dia 11 de abril.

Tome nota: Cinco coisas que deve saber para começar o seu dia
  • Manifestação em Lisboa por causa da revisão do Código do Trabalho

A CGTP prevê que se desloquem hoje a Lisboa alguns milhares de trabalhadores de todo o país para se manifestarem contra a proposta de revisão do Código do Trabalho, por temerem o agravamento das suas condições laborais. A manifestação será sobretudo composta por dirigentes e ativistas sindicais e por trabalhadores que estão envolvidos em lutas nas suas empresas.

  • Bancários elegem dirigentes para próximo quadriénio

Os sócios dos sindicatos dos Bancários do Sul e Ilhas e do Centro elegem hoje os corpos gerentes para o próximo quadriénio, sob a perspetiva da criação do sindicato nacional do setor financeiro neste período de tempo.

  • Prossegue a comissão de inquérito à CGD

Decorre esta quinta-feira a audição do ex-diretor responsável pela Direção de Gestão de Risco da Caixa Geral de Depósitos, Vasco D'Orey, na II Comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à Gestão do Banco. Isto porque a auditoria à CGD revelou que foram atribuídos créditos mesmo com o parecer negativo do departamento de risco.

  • CTT continua a ser o banco mais reclamado

O Banco CTT foi o banco que recebeu mais reclamações em 2018 tanto nas contas de depósitos como no crédito à habitação e hipotecário, segundo a informação divulgada na quarta-feira pelo Banco de Portugal, no Relatório de Supervisão Comportamental.

  • BCE vai estudar medidas para aliviar efeito das taxas negativas 

O presidente do BCE vai analisar se a taxa de juros negativa que cobra aos bancos que depositam fundos no banco central tem um efeito colateral na rentabilidade das instituições e estudar medidas para mitigar esse efeito. O BCE decidiu, na quarta-feira, deixar as taxas de juro inalteradas, conforme era esperado, reiterando que a decisão deverá manter-se até ao final de 2019.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório