Meteorologia

  • 23 ABRIL 2019
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 13º

Edição

Bruxelas ainda aponta desequilíbrios na economia portuguesa

A Comissão Europeia diz que a economia portuguesa ainda tem desequilíbrios económicos, apesar de estar a fazer progressos.

Bruxelas ainda aponta desequilíbrios na economia portuguesa
Notícias ao Minuto

11:08 - 27/02/19 por Beatriz Vasconcelos 

Economia Comissão Europeia

Bruxelas reconhece os progressos da economia portuguesa, mais ainda aponta desequilíbrios. A conclusão é de um estudo aprofundado aos Estados-membros, divulgado esta quarta-feira, no âmbito do do Semestre Europeu.

Bruxelas classifica assim Portugal como um dos países que está a 'sofrer' desequilíbrios macroeconómicos, a par de outros países como a Alemanha, Espanha, França ou Croácia. 

No caso específico da economia nacional, Bruxelas sublinha que "os elevados 'stocks' de passivo externo líquido, dívida pública e privada e um elevado nível de crédito malparado constituem vulnerabilidades num contexto de baixo crescimento da produtividade".

Esta avaliação acontece um ano depois de ter retirado Portugal do grupo mais crítico de países com "desequilíbrios macroeconómicos excessivos" -- do qual agora fazem parte apenas três países, designadamente Chipre, Grécia e Itália. 

Portugal está assim numa segunda categoria, menos grave, onde Bruxelas vê desequilíbrios e fragilidades, mas também reconhece progressos em diversas áreas.

Quer isto dizer que a Comissão Europeia reconhece que a dívida pública começou a baixar em 2017, "embora permaneça elevada", e que "os riscos no setor bancário diminuíram, também à luz de recapitalizações de grandes bancos em 2017 e uma recente melhoria na lucratividade".

Sobre o mercado de trabalho, Bruxelas reconhece os progressos e salienta o facto de o desemprego vir a diminuir a um ritmo forte "há vários anos".

As recomendações da Comissão Europeia apontam para que Portugal assegure "um maior crescimento da produtividade", uma vez que isso "é fundamental para melhorar as perspetivas a nível de competitividade, desalavancagem e crescimento potencial".

[Notícia atualizada com mais informação às 11h28]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório