Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2018
Tempo
13º
MIN 11º MÁX 14º

Edição

Portugal abriu 50 novos mercados para 190 produtos agrícolas em três anos

O ministro da Agricultura, Capoulas Santos, afirmou hoje que nos últimos três anos, foram abertos 50 novos mercados para 190 diferentes produtos, adiantando que atualmente estão em negociação outros 50 para mais 200 produtos.

Portugal abriu 50 novos mercados para 190 produtos agrícolas em três anos
Notícias ao Minuto

19:19 - 20/11/18 por Lusa

Economia Governo

"Nos últimos três anos, abrimos 50 mercados para 190 diferentes produtos e temos neste momento em negociação mais 50 para outros cerca de 200 produtos de diversos tipos, isto num país que não é, obviamente, autossuficiente mas que também não é aquele país que muitos quiseram fazer crer, o país que compra tudo o que come", disse Capoulas Santos.

O governante, que hoje esteve em Castelo Branco, cidade que recebeu uma das seis sessões comemorativas do Centenário do Ministério da Agricultura, salientou que estes números só são possíveis, porque entrou gente nova no setor, com uma nova atitude e novas capacidades.

Capoulas Santos adiantou ainda que depois de mais de 30 anos de integração europeia, a agricultura portuguesa é hoje o oposto do que era há 100 anos.

"É um setor que se requalificou, que se soube reestruturar. É óbvio que tivemos apoios financeiros continuados, tivemos depois da adesão europeia, políticas continuadas independentemente da mudança dos governos. A trave mestra da Política Agrícola Comum (PAC), manteve-se", afirmou.

O ministro sublinhou ainda que a pequena agricultura é um dos temas que o atual Governo escolheu como uma das políticas distintivas no quadro nacional e da PAC.

"Isto porque é um segmento muito esquecido e pensamos que é fundamental para a coesão social e territorial do país e deve coexistir com a agricultura competitiva e empresarial, mas que só poderá subsistir se for positivamente discriminada", sustentou.

E, neste âmbito, realçou a importância do Estatuto da Pequena Agricultura Familiar que espera por em execução, e referiu ainda do regadio e das florestas, duas outras áreas prioritárias para o Governo.

"A água e o regadio são fundamentais para os desafios que temos pela frente, as alterações climáticas e a necessidade de aumentar o nosso autoabastecimento e até de promover as exportações. A nossa agricultura tem vindo a crescer de forma sustentada nos últimos anos e a exportar de forma sustentada. Cresceu mais de 7% contra 6,2% da média europeia", frisou.

Além do crescimento acima da média europeia, o governante disse que nos primeiros meses deste ano, o aumento do crescimento situou-se na ordem dos 6 a 7% face ao ano anterior.

"Somos um país que temos uma grande variedade de produtos de qualidade. Os nossos agricultores e agentes económicos estão a aproveitar estas oportunidades, aproveitando também os apoios disponíveis que são generosos", referiu.

Capoulas Santos disse também que não é por acaso que hoje existem 1.114 grupos operacionais no país, onde estão envolvidos o Ministério da Agricultura, as empresas e as universidades a trabalhar para detetar problemas e encontrar soluções.

E citando uma frase que ouviu recentemente num colóquio, disse que "há hoje mais tecnologia num tomate do que num Ferrari", referindo-se à base científica existente, à cultura de precisão e à sofisticação dos equipamentos usados no setor.

O governante fez ainda uma confissão durante a sessão comemorativa ao afirmar que uma das "desgraças" com a qual tem sofrido é o desmantelamento dos serviços gerais.

"Acho que é completamente contraditório com aquilo que devia ser. Só faz sentido que o Ministério da Agricultura esteja junto dos agricultores. Não é acantonado nas capitais de distrito ou acantonado em Lisboa que faz sentido. Por isso, assumi o compromisso que enquanto estiver no Ministério, não haverá novos serviços em Lisboa e todos aqueles que forem criados, serão fora de Lisboa", concluiu.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório