Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2021
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 25º

Edição

Mamona vence no meeting de Dusseldorf, Susana Costa também no pódio

Patrícia Mamona venceu hoje o triplo salto do 'meeting' de Dusseldorf, na Alemanha, assegurando assim o triunfo no circuito de pista coberta da IAAF, depois de já ter sido primeira no sábado, em Boston.

Mamona vence no meeting de Dusseldorf, Susana Costa também no pódio
Notícias ao Minuto

21:17 - 01/02/17 por Lusa

Desporto Triplo salto

A saltadora portuguesa chegou aos 14,11 metros, mais um centímetro do que a sua melhor marca da época, reforçando a liderança do 'ranking' europeu de 2017. É também a segunda mundial do ano, atrás da venezuelana Yulimar Rojas.

Destaque ainda em Dusseldorf para a outra saltadora portuguesa, Susana Costa, que chegou aos 13,94 metros, o que lhe deu o terceiro lugar na prova, com recorde pessoal 'indoor' igualado. Passa a ser a quarta europeia do ano.

Yulimar Rojas, com recentes 14,79 em Madrid, era a grande favorita para o concurso, mas teve de se retirar, por lesão, sem qualquer salto válido. A venezuelana, vice-campeã olímpica, é colega de treino de Nélson Évora, no grupo do cubano Ivan Pedroso.

Esse imprevisto foi muito bem aproveitado pelas lusas, com Susana a abrir com 13,92, para mais tarde liderar com 13,94, o seu melhor de sempre.

Mamona respondeu bem, com 13,91, melhorando a seguir para os 14,11, a marca que lhe deu a vitória no concurso. Ainda veria a alemã Neele Eckhardt chegar aos 14,09 - um recorde pessoal e pela primeira vez acima dos 14 metros.

Com Mamona, Eckhart e Susana Costa no pódio, o quarto lugar foi para a experiente alemã Kristin Gerisch (vice-campeã mundial de pista coberta), com 13,88.

Entre as desilusões, além de Rojas, estiveram a ucraniana Olga Saladuha, tripla campeã da Europa, que se ficou pelos 13,87, e a polaca Anna Jagaciak, quarta no último europeu e hoje com 13,68.

Mamona reforçou fortemente a liderança no circuito da IAAF de cinco 'meetings' e já não perderá o primeiro lugar. Após Boston e Dusseldorf, faltam Karlsruhe (Alemanha, dia 04), Torun (Polónia, dia 10) e Birmingham (Inglaterra, dia 18), mas só a reunião polaca terá triplo feminino.

A saltadora portuguesa passou a ter 20 pontos, bem destacada da ganesa Nadia Eke e de Neele Eckhart, com sete pontos cada uma e que já só poderão chegar aos 17. Como vencedora do circuito, Mamona assegura um 'wild card' para o Mundial do próximo ano.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório