Meteorologia

  • 25 MAIO 2024
Tempo
18º
MIN 13º MÁX 25º

"Sporting de Braga tem algumas chances com este Shakhtar"

Domingos Paciência destaca a importância dos 'guerreiros' não sofrerem "golos em casa".

"Sporting de Braga tem algumas chances com este Shakhtar"
Notícias ao Minuto

09:38 - 05/04/16 por Lusa

Desporto Domingos Paciência

Domingos Paciência, treinador que na temporada 2010/2011 levou o Sporting de Braga à final da Liga Europa em futebol, recordou a "equipa extraordinária" de então e espera, agora, uma eliminatória dividida entre 'arsenalistas' e Shakhtar.

O técnico que treinou o Sporting de Braga entre 2009 e 2011, recordou à Agência Lusa a temporada 2010/2011, na qual os bracarenses conseguiram chegar a um final europeia.

"Recordo que foi uma equipa extraordinária em termos de comportamento, com maturidade e experiência. Houve jogos muito equilibrados e jogou-se com as melhores armas, sabendo que, por vezes, o poderio e o favoritismo estava do outro lado, como eram os casos do Liverpool, Benfica ou Dínamo Kiev", afirmou o técnico de 47 anos.

Na final, o Sporting de Braga mediu forças com o FC Porto, num encontro arrebatado pelos 'dragões' por 1-0, em Dublin, graças a um tento do avançado colombiano Falcao.

Apesar de não ter conseguido conquistar o troféu, Domingos deixou vários elogios ao grupo que teve à sua disposição.

"Além da qualidade e dos jogadores que tinha, era uma equipa que sabia sofrer. Havia um grupo que era um bom grupo. Era uma equipa com jogadores experientes e juventude e isso ajudou a que houvesse um bom espírito de balneário", destacou.

O Sporting de Braga, agora de Paulo Fonseca, vai medir forças nos quartos de final da Liga Europa com os ucranianos do Shakhtar Donetsk, equipa que também defrontou em 2010/11, mas ainda na fase de grupos da Liga dos Campeões, que o Braga terminou em terceiro lugar.

"O Braga do meu ano também defrontou o Shakhtar, no grupo da Liga dos Campeões. As equipas ucranianas são sempre difíceis, mas, se calhar, é um Shakhtar diferente daquele ano, com Willian (agora no Chelsea) ou Douglas Costa (Bayern Munique)", lembrou Domingos.

Os 'arsenalistas' perderam 3-0 em casa e 2-0 fora: "Era um Shakhtar muito forte. O Braga, agora, também é uma equipa muito mais ofensiva do que era essa da Liga Europa, tem mais argumentos. Tínhamos uma base de 13 ou 14 jogadores e, depois, as outras opções do plantel não eram tão equivalentes às primeiras opções", sublinhou.

Apesar de reconhecer mérito a Paulo Fonseca pela temporada que os bracarenses estão a realizar, Domingos Paciência recordou também o anterior técnico, Sérgio Conceição, agora a comandar o Vitória de Guimarães.

"Neste momento, o Braga tem um bom plantel, já o mantém há dois anos. Há que referir o trabalho do Sérgio Conceição, porque fez um bom trabalho e conseguiu construir uma equipa. Este ano, o Paulo Fonseca melhorou-a, com dois ou três jogadores", referiu.

Sobre os encontros dos 'quartos', Domingos Paciência destacou que seria importante que o "Braga não sofresse golos em casa", alertando para o perigo das transições da formação ucraniana.

"(Espero) Um jogo dividido. O jogo em casa é muito importante. Seria muito importante que o Braga não sofresse golos em casa. O Shakhtar é uma equipa que joga bem em transições. O primeiro jogo pode ditar muita coisa", destacou.

Apesar dos alertas, Domingos considera que o Braga pode passar a eliminatória.

"Tal como achei que o Braga teve sorte no sorteio anterior, ao defrontar o Fenerbahçe, que me parecia a equipa mais acessível, também acho que o Braga tem algumas chances com este Shakhtar", rematou.

O Braga recebe quinta-feira, às 20:05, os ucranianos do Shakhtar Donetsk em encontro da primeira mão dos quartos de final da Liga Europa.

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório