Meteorologia

  • 01 DEZEMBRO 2022
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 15º

Mário Silva: "Queremos tornar a vida difícil para o Sporting"

O treinador do Santa Clara, Mário Silva, afirmou hoje que o clube quer dificultar a vida ao Sporting, apesar das nove 'baixas' que a formação açoriana tem para o encontro da nona jornada da I Liga de futebol.

Mário Silva: "Queremos tornar a vida difícil para o Sporting"
Notícias ao Minuto

18:59 - 07/10/22 por Lusa

Desporto I Liga

"Queremos tornar a vida difícil para o Sporting. Normalmente, nunca é fácil jogar nos Açores contra o Santa Clara e nós queremos que prevaleça isso mesmo: que seja muito difícil jogar contra o Santa Clara nos Açores", afirmou o técnico, em conferência de imprensa realizada na Praça Gonçalo Velho Cabral, no centro histórico de Ponta Delgada, com as Portas da Cidade, um 'ex-líbris' da cidade, como pano de fundo.

Apesar de os açorianos registarem nove ausências para o encontro de sábado, o técnico assegurou que os "jogadores que estão disponíveis dão garantias".

"Costuma-se dizer que o azar de uns é a sorte de outros. Nós, enquanto treinadores, e eu sempre disse isso, somos renumerados para encontrar soluções. Somos igualmente contratados para ser a solução das soluções", declarou.

Destacando que "um ou outro jogador" ainda pode recuperar a tempo da partida, Mário Silva apelou aos atletas que vão jogar para "aproveitarem a oportunidade".

"Aqueles jogadores que temos à nossa disponibilidade têm de fazer tudo o que está ao alcance deles, juntamente com aquilo que é o plano do treinador, para dignificar - e dignificar com 'D' grande - a camisola do Santa Clara", realçou.

Mário Silva enalteceu o próximo adversário, uma "equipa de Liga dos Campeões", com um "excelente treinador e excelentes executantes".

"Não é uma fase positiva para nós. Gostamos de estar mais acima. Gostamos de estar numa situação com mais vitórias, o que não temos neste momento, mas estamos, como é lógico, e não poderíamos deixar de estar, otimistas para aquilo que vai ser o jogo com o Sporting", apontou.

Evocando a "dimensão" do Santa Clara, o treinador salientou que o clube açoriano representa uma região e defendeu que os seus jogadores "podem dar muito mais".

"Muitas vezes, não está bem explícito a grandeza do clube. Não pode acontecer o que aconteceu no último jogo [derrota por 1-0 com o Rio Ave]. Podemos ganhar, perder ou empatar, mas temos de sair de dentro do campo com o sentimento de que fizemos tudo. Eles têm condições para dar muito mais e eu exijo que eles possam dar muito mais", vincou.

Segundo o boletim clínico, o Santa Clara tem neste momento oito jogadores indisponíveis por lesão: Marco Pereira, Ricardo Fernandes, Calila, Tassano, Ítalo, Paulo Henrique, Xavi Quintillá e Bruno Jordão.

A essas ausências, soma-se a castigo de Boateng, que foi expulso no último encontro.

O Santa Clara, 16º. classificado com cinco pontos, recebe o Sporting, sétimo, com 13, no sábado, às 14:30 locais (15:30 em Lisboa), no estádio de São Miguel, em Ponta Delgada, num encontro que será arbitrado por Artur Soares Dias, da Associação de Futebol do Porto.

Leia Também: Adán? "22 minutos não apagam 92 jogos e quatro títulos..."

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório