Meteorologia

  • 20 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 5º MÁX 15º

Edição

"Temos a mesma responsabilidade com ou sem Palhinha e Coates"

Treinador do Sporting fez a antevisão ao dérbi com o Benfica.

"Temos a mesma responsabilidade com ou sem Palhinha e Coates"

Rúben Amorim fez nesta quinta-feira a antevisão à partida da 13.ª jornada frente ao Benfica, marcada para sexta-feira, às 21h15.

Na antevisão ao encontro, o treinador dos campeões nacionais desvalorizou as ausências de João Palhinha e Seba Coates, apontando que há outros jogadores que podem fazer essa posição, sublinhando que os leões tem a mesma responsabilidade sem estes dois jogadores.

Amorim disse ainda que não tem qualquer vantagem por conhecer Jorge Jesus, destacando que o treinador foi mudando as suas ideias ao longo dos anos.

Fique com o essencial das declarações de Rùben Amorim:

Vantagem jogar com menos adeptos: Somos uma equipa jovem, mas já estamos habituados. Temos essa capacidade. Jogámos com o Dortmund e o estádio estava bem composto. O ambiente dos dérbis e dos clássicos é sempre diferente. Conheço bem o estádio e o barulho será muito grande. Estou entusiasmado com o jogo. Esta equipa tem de estar preparada.

Ansiedade pelos resultados dos testes: É algo que cria ansiedade no grupo. Temos de viver com isto com naturalidade. O Coates foi de repente. Soubemos e isso cria ansiedade. Não sabemos com quem contamos Resolvo melhor a saber com quem não ponto. Mexe connosco e com todos. Temos de viver com essa incerteza.

Favoritismo das casas de apostas ao Benfica: Sentimo-nos muito confortáveis com isso. Temos tido uma fase com muitos elogios e funcionamos melhor ao contrário. Estamos num perfeito momento. Temos o adversário como favorito e isso é bom. Se o dinheiro fosse meu apostaria no Sporting. Acredito muito na minha equipa jogue quem jogue. Temos a mesma responsabilidade que o Benfica. Vamos defrontar uma equipa recheada de bons valores, mas estamos preparados para o jogo.

Jogo mais difícil da temporada? É o jogo mais difícil da temporada porque é o próximo. Se me perguntarem na próxima semana vou dizer que é o seguinte.

Vantagem por ter trabalhado com Jorge Jesus: Nenhuma. Trabalhei com ele, mas o tempo passou. O mister passou por vários clubes depois e de certeza que adaptou as suas ideias. Conheço a sua maneira de trabalhar, mas não mais do que isso. Os jogadores mudam e isso muda as características da equipa. Sei que ele quer muito ganhar, mas eu também.

Empate seria um bom resultado? Claramente que o objetivo é vencer. Não retira responsabilidade não jogarem o Coates e o Palhinha. Somos o Sporting e vamos à Luz para vencer. Queremos manter a nossa posição. Temos que ganhar o jogo.

Importância do jogo para o desfecho do campeonato: Temos os mesmos pontos contra os mesmos adversário que tínhamos no ano passado. No ano passado, na nossa pior fase, tivemos empates onde não pensaríamos empatar. Não sabemos que pontos vão fazer falta. Estes jogos são importantes para os adeptos e para o clube. Se perdemos, perdemos a nossa posição. O objetivo é ganhar. Ainda muita coisa vai acontecer. Temos de fazer um bom jogo e o resultado é uma consequência disso.

Faz mais falta o Coates defesa ou goleador? Faz falta o Coates defesa e o goleador. Vivemos das bolas paradas, mas também muito do Coates a defender e a atacar as bolas paradas. Tivemos de preparar outras coisas.

Mais importante o Lucas Veríssimo para o Benfica ou o Coates para o Sporting: Se for nesta conferência, o Coates faz mais falta do que o Lucas Veríssimo ao Benfica, se for na do mister Jorge Jesus será ao contrário. São dois jogadores importantes e em que os treinadores confiam. O Coates é para nós é mais do que um jogador. Vamos deixá-lo orgulhoso.

Ausência de Coates muda o esquema? Não pensámos nisso. As rotinas da equipa são muito vincadas, o que vai mudar são as características do jogador que lá vai jogar. O grande senão é se precisarmos de um segundo avançado para o jogo de cabeça e não o teremos. O outro jogador que jogar lá estará preparado.

Ugarte mais dez amanhã? É uma das opções para amanhã.

Incerteza sobre quem vai jogar nos lugares dos ausentes pode causar dúvidas no adversário? As rotinas da equipa são fortes e vincadas. Mudamos muitas vezes os jogadores e as rotinas e as dinâmicas da equipa estão lá. Muda alguma coisa não saber se é um jogador mais de posse, como o Dani, ou se joga o Ugarte, que conduz melhor a bola. Se jogar o Neto, o Feddal e o Inácio a coisa muda. Esses pequenos pormenores mudam, mas não será uma grande surpresa. Houve jogos sem o Coates e o Palhinha que ganhámos. O último dérbi aqui em Alvalade começamos sem o Palhinha e ganhámos. É dessa forma que vemos o jogo. Temos de ganhar. Vai jogar o melhor Sporting esta semana e temos a mesma responsabilidade com Palhinha ou sem Palhinha, com Coates ou sem Coates. Olhamos para o copo meio cheio. Não há melhor do que estes jogos para pôr à prova outros jogadores.

Testes 48 horas antes influenciam preparação do jogo? Temos de nos habituar a isso. Estamos todos vacinados. O Coates não tem qualquer sintoma. A vacina funciona, não impede de ter a doença. mas impede de ter sintomas tão graves. Temos de nos habituar a viver com isto, e haverá uma fase em que isto não será mais do que uma gripe. Temos de nos salvaguardar e fazer os testes.

Quem faz mais falta à equipa, Coates ou Palhinha? Todos fazem falta. Pelos minutos e características que têm são jogadores difíceis de substituir. O que temos de fazer é levar os jogadores que os vão substituir para isso. Os dois que vão jogar no lugar do Palhinha vão ter de cobrir esses espaço extra. O Coates tem um papel que é difícil de substituir e todos têm de liderar dentro do jogo. Todos têm de evitar cruzamentos, e temos de levar o jogo para os jogadores que os vão substituir porque têm qualidades e características que o Palhinha e o Seba não têm. Eles estão todos preparados.

O que o Sporting pode fazer? É um grande jogo, contra um treinador muito experiente e que já leva um ano de trabalho com muitas soluções. São muito fortes nas segundas bolas e no jogo entre linhas. Vimos o jogo do ano passado e os jogos que têm feito esta temporada. Podem mudar na frente de ataque com o Rafa ou o Cebolinha, têm o João que tem feito um grande campeonato e o Weigl que melhorou muito. É uma grande equipa contra outra grande equipa. Sabemos do nosso valor, conhecemos bem o adversário e queremos ganhar o jogo.

Quem está fora do dérbi? Quem não pode jogar são o Jovane, o Vinagre, o Coates e o Palhinha. São os quatro jogadores que fazem falta, mas temos jogadores para substituir esses que não podem jogar.

Leia Também: Alívio em Alvalade: Apenas Coates está infetado

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório