Meteorologia

  • 25 JULHO 2021
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 27º

Edição

E 43 horas depois... Mercedes conseguiu retirar roda do carro de Bottas

Piloto finlandês viu-se obrigado a desistir do Grande Prémio do Mónaco, uma vez que a sua roda só saiu na fábrica da Mercedes.

Foram 43 horas o tempo que a roda no carro de Valtter Bottas demorou a sair. No Grande Prémio do Mónaco, o finlandês foi às boxes e os mecânicos da Mercedes não conseguiram retirar a 'porca' que da roda frontal direita.

Nunca um caso semelhante tinha acontecido na Fórmula 1. E se se pergunta o que levou a roda a não sair, a explicação é simples.

Primeiro, Bottas não parou no local correto, parou ligeiramente mais à frente o que levou a que uma cadeia de azares acontecesse.

Depois, o mecânico encarregado de colocar a pistola para retirar a roda colocou-a num ângulo errado e a peça não ficou alinhada com a 'porca'. O que aconteceu ao forçar foi que a 'porca' ficou gasta, o metal ficou maquinado, o que impossibilitou a remoção da roda.

A Mercedes partilhou as imagens da remoção da roda já na sua fábrica... 43 horas depois. Ora veja.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório