Meteorologia

  • 21 ABRIL 2021
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 19º

Edição

"Não só sequestraram Maradona, como ainda o mataram aos poucos"

Amigo próximo de El Pibe acusa a equipa médica de não o querer "lúcido".

"Não só sequestraram Maradona, como ainda o mataram aos poucos"
Notícias ao Minuto

19:15 - 02/03/21 por Notícias ao Minuto 

Desporto Claudio Turco García

Claudio Turco García, amigo próximo de Diego Armando Maradona, teceu, esta terça-feira, duras críticas à equipa médica que acompanhava El Pibe, no seguimento dos polémicos áudios de WhatsApp que foram tornados públicos.

Na opinião do antigo jogador, elementos como Leopoldo Luque ou Matías Morla "não deviam ser presos, deviam ter uma condenação social" pela forma como trataram o argentino.

"Não só estava sequestrado, como ainda o mataram aos poucos. Chateia-me muito que agora todos se queiram salvar. A eles, o Diego não lhes servia lúcido. Enchiam-lhe um bocado a cabeça e ele mandava vir com todos, então davam-lhe pastilhas, marijuana", atirou, em entrevista concedida à estação televisiva argentina TyC Sports.

"Como é que te vais embebedar com o teu paciente? Isso é como drogares-te com um filho. Já tinha dito há meses que tinham o Diego sequestrado. Não vos parece que estava sequestrado? Faziam-nos gravar vídeos para mostrar que estava tudo bem. Nem sequer o deixavam falar", prosseguiu.

Claudio Turco García avisou, no entanto, que o caso não ficará por aqui: "Ainda faltam um monte de áudios, não sabem o que aí vem. Há áudios que são um nojo. Há áudios onde dizem que tinham que tratá-lo porque faltava dinheiro. Essa gente tem que ser julgada pelo povo".

Leia Também: "De todos os supostos bens de Maradona, não há nada"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório