Meteorologia

  • 30 NOVEMBRO 2020
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 18º

Edição

Sporar ganha força com saída de Vietto, mas corre contra o tempo

Avançado esloveno precisa de marcar diante do Gil Vicente, ou, caso contrário, assinará o maior jejum de jogos sem marcar desde que chegou a Alvalade. Saída de Vietto deverá render mais minutos ao esloveno, tal como já se verificou nos Açores.

Sporar ganha força com saída de Vietto, mas corre contra o tempo

Andraz Sporar chegou ao Sporting em janeiro e, desde então, já passou de titular indiscutível a escolha de recurso. O avançado esloveno perdeu fulgor nas opções de Rúben Amorim e falta de golos também explica o porquê de já não ser escolha inicial em Alvalade. Ainda assim, tudo pode mudar e para isso deverá contribuir o fim de jejum de golos... que tarda em chegar. 

Sporar participou em cinco dos seis jogos disputados pelo Sporting nesta nova época, mas, até ao momento, ainda não marcou qualquer golo. A bem da verdade, o avançado de 26 anos entrou sempre no decorrer das partidas, e o número de minutos acumulado (89) até ao momento não chega para completar um jogo inteiro. 

Ainda assim, não se pode dizer que Sporar tem tido falta de oportunidades de golo para fazer o gosto ao pé. Diante do FC Porto, entrou na segunda parte e fez o remate que Marchesín defendeu antes de Vietto atirar a contar e, mais recente, perante o Santa Clara assinou nova perdida. 

Num lance em que apareceu solto de marcação e com possibilidade de bater Marco apenas com um pequeno toque de cabeça, Sporar acertou mal na bola e desperdiçou de forma clamorosa o cruzamento tenso de Pedro Porro que, de resto, parece ter ficado estupefacto com o falhanço do companheiro de equipa.

Saída de Vietto pode significar mais minutos 

A saída de Luciano Vietto para o Al-Hilal pode ser uma boa notícia para Sporar. O avançado argentino deixou o Sporting no fim de semana e deixa agora de contar para Rúben Amorim, treinador que fica com opções reduzidas para a frente de ataque. Vietto até ficou de fora da ficha de jogo nos Açores, e Sporar jogou o dobro dos minutos (34) que havia jogado nas anteriores quatro partidas (média de 14). Não é mera coincidência que tal tenha acontecido.

Gil pode acabar com enguiço ou ditar jejum mais longo 

Estar cinco jogos sem marcar não é algo novo para Sporar nesta aventura pelo Sporting. Na última época, já na ponta final, o avançado esloveno havia ficado cinco partidas em branco, mas quebrou o jejum ao sexto jogo, na Luz, diante do Benfica.

Na próxima quarta-feira, Sporar terá assim a missão de marcar ante o Gil Vicente ou caso contrário passará a somar seis jogos sem qualquer tiro certeiro, o que significará o maior jejum pessoal desde que chegou a Alvalade. 

Refira-se que na última temporada, em que apenas cumpriu a segunda metade em Portugal, Sporar marcou sete golos em 18 jogos ao serviço do Sporting

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório