Meteorologia

  • 31 MARçO 2020
Tempo
MIN 6º MÁX 14º

Edição

Marega reage novamente a insultos: "Senti-me realmente uma m****"

Depois da publicação, ainda a quente após o jogo, o avançado maliano voltou a falar sobre os insultos racistas em Guimarães.

Marega reage novamente a insultos: "Senti-me realmente uma m****"

Moussa Marega voltou, esta segunda-feira, a falar sobre os insultos racistas no Estádio D. Afonso Henriques, durante o Vitória SC- FC Porto. Em entrevista a uma rádio francesa, o atacante dos dragões desabafou e disse que ficou realmente "desiludido" com todos os comentários de que foi alvo.

Um domingo difícil: "Já me sinto melhor, mas ontem foi um dia muito difícil. Ontem, senti-me verdadeiramente como uma m****. Foi uma grande humilhação e tocou-me muito, mas depois cheguei a casa, vi a minha família e os meus filhos e isso devolveu-me o sorriso. Li todas as mensagens que recebi e as pessoas deram-me um apoio incrível, o que me fez sentir melhor."

A decisão de abandonar o relvado: "Na altura, os meus companheiros de equipa não compreenderam a minha reação, mas ficaram chocados com o que estava a acontecer. Eles tiveram reações de amigos e tentaram acalmar-me, pois conhecem-me muito bem. Ainda assim, disse-lhes que não valia a pena e que, para mim, era impossível jogar naquelas condições. Os insultos começaram durante o aquecimento e, no início, eram apenas algumas pessoas, mas depois foi o estádio inteiro. Era impossível continuar no relvado. Sempre que marquei ao Vitória de Guimarães, nunca festejei, por isso não entendo o que aconteceu para me insultarem daquela maneira."

A reação de Sérgio Conceição: "Teve a reação que esperava dele. Está do meu lado e fez tudo o que podia para me acalmar naquele momento."

A postura do árbitro: "Acho que o jogo deveria ter sido interrompido e que o árbitro deveria ter tido uma reação mais forte. Agora, espero uma reação forte por parte da Liga."

Insultado por adeptos de um clube que já representou: "Fiquei chocado, pois nunca pensei que isto pudesse acontecer. Tenho uma boa relação com a cidade de Guimarães e o Vitória é um clube que me deu muito. A situação chocou-me porque sempre respeito o clube e os adeptos. Quando estive no Vitória de Guimarães, fiz muitos jogos, marquei 14 golos e a equipa fez uma das melhores épocas da história do clube."

As declarações do presidente do Vitória de Guimarães: "Não o conheço, mas se for inteligente, pode ver que apontei para a minha pele quando fiz o golo. Os insultos começaram no aquecimento e prolongaram-se durante o jogo todo."

O que diria ao Presidente da República: "Seria uma honra falar com ele e poder dizer-lhe o que senti ao ser insultado daquela forma. Não gostei mesmo nada de sentir aquele ódio, fiquei muito desiludido.”

Recorde-se que Marega já tinha reagido aos insultos de que foi alvo em Guimarães, num texto publicado alguns minutos após o apito final do encontro.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório