Meteorologia

  • 23 MAIO 2019
Tempo
21º
MIN 20º MÁX 23º

Edição

I Liga - Os lances mais polémicos do principal escalão

Mais vídeos

Um aviso para Ronaldo e companhia: Insultar Deus na Serie A é crime

Desde 2010, a blasfémia é punida com sanções disciplinares nos relvados do futebol italiano. Esta incrível regra já foi aplicada cinco vezes esta temporada.

Um aviso para Ronaldo e companhia: Insultar Deus na Serie A é crime
Notícias ao Minuto

19:48 - 28/12/18 por Notícias Ao Minuto 

Desporto Itália

"Porco de Deus! ","Cão do inferno!" "Virgem vagabunda!". Pronuncie um desses insultos num campo de futebol italiano e correrá o sério risco de ser punido.

Em Itália, as blasfémias são comuns, até quase tiques de linguagem em algumas áreas como Toscana ou Vêneto. E a questão é levada muito a sério. Se a ofensa de blasfémia foi removida da lei portuguesa, na bota transalpina a história é bem diferente: "Quem publicamente insulte figuras religiosas é punido por uma pena administrativa que varia entre 51 a 309 euros", diz o Artigo 724 do Código Penal italiano.

Em março de 2010, a Federação Italiana de Futebol decidiu cumprir rigorosamente a lei, tornando a blasfémia punível tanto por motivos amadores, quanto profissionais. Andrea De Marco, ex-árbitro internacional, lembra: "A ideia, por essa medida, era educar e proteger as crianças que provavelmente imitem os jogadores. Eu admito que esta é uma situação complicada de gerir".

A verdade é que, no decorrer desta temporada, esta regra já conduziu à punição com cartão amarelo a cinco jogadores profissionais no futebol italiano. 

Veja aqui as últimas notícias sobre Cristiano Ronaldo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório