Meteorologia

  • 19 AGOSTO 2018
Tempo
33º
MIN 31º MÁX 35º

Edição

Raul Pinto protagoniza ciclo 'Domingos ao Piano' em Monserrate

O pianista Raul Pinto é o protagonista do ciclo "Domingos ao Piano", que se inicia no próximo domingo, no Palácio de Monserrate, em Sintra, contando, este ano, com convidados.

Raul Pinto protagoniza ciclo 'Domingos ao Piano' em Monserrate
Notícias ao Minuto

18:17 - 19/01/18 por Lusa

Cultura Pianista

O ciclo, que se prolonga até ao final do ano, propõe, na edição deste ano, um "cruzamento de artes", tendo o piano como principal elemento, segundo a organização.

O ciclo prevê um recital de piano, um domingo por mês, com repertório variado, com compositores como Frédèric Chopin, Ludwig van Beethoven, Franz Schubert, Vianna da Motta ou Nuno Miguel Silva.

"Na edição deste ano, será explorada uma temática diferente em cada mês. O piano encontra-se, assim, com a poesia, a dança e outros instrumentos musicais, através de atuações pontuais de convidados", afirma em comunicado a Parques de Sintra-Monte da Lua (PSML), empresa que gere o palácio, a par de outros parques e monumentos em Sintra.

Em comunicado, o pianista Raul Pinto, que coordena o ciclo e marca presença nos doze recitais, afirma que é proposto "uma estrutura de programação consistente e regular das várias artes performativas, dentro de um caráter intimista".

"Tendo um intérprete pianista como base, e considerando que a circulação de saberes, ideias e experiências é tão importante para um são desenvolvimento cultural quanto a potenciação dos recursos locais, esta iniciativa afirma-se como um espaço de encontro de discursos artísticos", refere Raul Pinto.

No próximo domingo, Raul Pinto interpreta a integral das Valsas de Chopin (1810-1849), na sala da música do Palácio de Montserrate.

O pianista, de 47 anos, natural de Santa Marta de Penaguião, estudou na Academia de Música de Vila Real e concluiu o Curso de Piano no Conservatório do Porto, tendo sido aluno de Francisco José Monteiro, Jorge Martins e Hélia Soveral.

Raul Pinto fez estágios de aperfeiçoamento, com, entre outros pianistas, Alicia de Larrocha, Vladimir Viardo, Helena Sá e Costa, Jörg Demus e António Rosado, que também participa neste ciclo.

Em fevereiro, no dia 18, Raul Pinto interpreta valsas, tangos e chorinhos, do compositor brasileiro Ernesto Nazareth (1863-1934) e, no dia 18 março, interpreta 'Improvisos', de Franz Schubert, convidando o compositor Virgílio de Melo.

Virgílio de Melo, compositor e musicógrafo, iniciou estudos musicais no Conservatório Nacional de Lisboa, em violino e composição, tendo sido aluno, entre outros, de Constança Capdeville e de Santiago Kastner, e estudou composição com Emmanuel Nunes, em Paris.

No dia 15 de abril, Chopin volta a ser o compositor escolhido. Desta feita Raul Pinto vai interpretar 'Noturnos e Improvisos', sendo convidada a coreógrafa e bailarina Clara Marchana.

Clara Marchana concluiu, em 1996, o curso de Artes Circenses na Escola Profissional de Artes e Ofícios do Espetáculo (Chapitô), tendo continuado os seus estudos em Técnica de Dança Clássica e Dança Contemporânea na Pro-Dança, no Centro Em Movimento, e no Fórum Dança, onde frequentou o curso de Pesquisa e Criação Coreográfica.

Marchana frequentou a Escola Superior de Dança e, em 2005, terminou o curso de Ator/Encenador na Escola Superior de Teatro e Cinema. Na dança tem trabalhado com Amélia Bentes nas criações coreográficas 'Sem Chão Sem Fim', estreada em janeiro de 2015 no Castelo de S. Jorge, em Lisboa, com a qual realizou uma digressão nacional em 2016.

A bailarina volta a Monserrate a 15 de julho, para apresentar 'Dança Contemporânea-Narrativa Interior (baseada nas óperas de Wagner)', num programa que inclui a interpretação das composições 'Pièce Romantique' e 'Sérénade', de Cécile Chaminade (1857-1944), e 'Feuille d'album', de Franz Liszt (1811-1886), que o compositor dedicou ao rei Fernando II, marido de D. Maria II, e que mandou edificar o Palácio da Pena, o Chalet da condessa d'Edla, sua segunda mulher e a reflorestação da serra.

Em maio, em que o convidado é o pianista António Rosado, o programa é composto por peças de Beethoven (1770-1827).

Sobre António Rosado, a revista francesa Diapason afirmou que é um "intérprete que domina o que faz".

"Tem tanto de emoção e de poesia, como de cor e de bom gosto".

O pianista estreou em Portugal, entre outras peças, as Sonatas de Enescu e Paráfrases de Liszt, tendo sido o primeiro pianista português a realizar as integrais dos Prelúdios e também dos Estudos de Claude Debussy.

Rosado fez igualmente a integral das sonatas de Mozart.

No segundo semestre do ano, regressa Clara Marchana, com um excerto do bailado 'Lago dos Cisnes', de Tchaikovsky.

O compositor António Sousa Dias é outro dos convidados, em outubro, assim como o trompetista Nuno Miguel Silva.

O Palácio de Monserrate, em 2017, recebeu 149.156 visitantes, segundo dados divulgados pela PSML.

O palácio, construído no século XIX, "combina influências góticas, indianas e sugestões mouriscas, bem como motivos exóticos e vegetalistas que se prolongam harmoniosamente no exterior", segundo a mesma fonte.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.