Meteorologia

  • 19 AGOSTO 2019
Tempo
23º
MIN 20º MÁX 26º

Edição

Tenor Luís Gomes selecionado para o Concurso Mundial de Canto de Cardiff

O tenor português Luís Gomes, de 32 anos, vencedor do Prémio do Público no certame Operalia em 2018, é um dos selecionados para o Concurso Mundial de Canto da BBC em Cardiff, no País de Gales.

Tenor Luís Gomes selecionado para o Concurso Mundial de Canto de Cardiff
Notícias ao Minuto

14:50 - 08/03/19 por Lusa

Cultura Músico

O tenor português, que na edição do ano passado do concurso internacional de canto lírico Operalia, realizado em Lisboa, obteve ainda o Prémio Zarzuela, 'ex-aequo' com Pavel Petrov, está entre os 20 concorrentes.

Os concorrentes, com idades entre os 18 e os 32 anos, foram selecionados após três rondas eliminatórias e vão enfrentar, a partir de 15 de junho próximo, quatro apresentações, das quais sairão cinco finalistas.

Os cinco finalistas, um vencedor por cada eliminatória e um selecionado pelo júri entre os 20, apresentam-se na finalíssima, que se realiza a 22 de junho no St. David's Hall, na capital galesa. O vencedor recebe um prémio pecuniário no valor de 20.000 libras esterlinas (23,3 mil euros).

Com o tenor português, atualmente a residir em Londres, onde concluiu os seus estudos na Guildhall School of Music and Drama, concorrem também as sopranos Camila Titinger, do Brasil, Adriana González, da Guatemala, Lauren Fagan, da Austrália, e Sooyeon Lee, da Coreia do Sul.

Da lista dos 20 candidatos fazem ainda parte os tenores Mingjie Lei, da China, Owen Metsileng, da África do Sul, e Roman Arndt, da Rússia.

Outros candidatos são as meio-sopranos Guadalupe Barrientos (Argentina), Yulia Mennibaeva e Karina Kherunts (Rússia), Lena Belkina (Ucrânia), Katie Bray (Inglaterra) e Angharad Lyddon (País de Gales), e ainda os norte-americanos Richard Ollarsaba (baixo-barítono) e Patrick Guetti (baixo), assim como os barítonos Jorge Espino (México), Badral Chuluunbaatar (Mongólia), Andrei Kymach (Ucrânia) e Leonardo Lee (Coreia do Sul).

Os concorrentes podem também candidatar-se, paralelamente, ao BBC Cardiff Singer, no qual interpretam "lied" acompanhados ao piano.

Esta competição, também distribuída por quatro eliminatórias, realiza-se no Dora Stoutzker Hall, no Royal Welsh College of Music and Drama, sendo escolhidos cinco finalistas que se apresentam, também no St David's Hall. O vencedor recebe um prémio pecuniário de 10.000 libras esterlinas.

O Concurso Mundial de Canto de Cardiff tem a direção artística de David Jackson e o patrocínio da soprano Kiri Te Kanawa, entregando também um Prémio do Público, no valor de 2.500 libras. Este ano, o Prémio do Público é dedicado à memória do barítono russo Dmitri Hvorostovsky (1967-2017), que venceu o I Concurso Mundial de Canto de Cardiff da BBC.

O concurso idealizado em 1987 pelo produtor J. Mervyn Williams (1935-2008) realiza-se de dois em dois anos, na capital galesa. Em 2017, a vencedora do Concurso Mundial de Canto da BBC de Cardiff foi a meio-soprano escocesa Catriona Morrison, e a vencedora do Concurso de Canto de Cardiff foi a soprano inglesa Louise Alder, que conquistou também o Prémio do Público.

Entre os vencedores das diferentes edições estão os cantores líricos Karita Mattila, Bryn Terfel, Anja Harteros e Jamie Barton, entre outros.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório