Meteorologia

  • 24 MARçO 2019
Tempo
15º
MIN 13º MÁX 17º

Edição

Camané e Mário Laginha com 'Aqui Está-se Sossegado' no Coliseu de Lisboa

O fadista Camané e o pianista Mário Laginha apresentam em dezembro, no Coliseu de Lisboa, o projeto "Aqui Está-se Sossegado", que representa um regresso às origens do fado, anunciou hoje o cantor.

Camané e Mário Laginha com 'Aqui Está-se Sossegado' no Coliseu de Lisboa
Notícias ao Minuto

17:30 - 14/02/19 por Lusa

Cultura Música

"Dia 20 de dezembro 'Aqui Está-se Sossegado' espera por vocês no Coliseu de Lisboa", lê-se numa publicação hoje partilhada na conta oficial de Camané na rede social Instagram, acompanhada de uma foto dos dois músicos.

O projeto, no qual Camané canta fado acompanhado ao piano por Mário Laginha representa um regresso às origens. "O fado, quando começou, era tocado ao piano", lembrou o fadista em declarações à Lusa em dezembro.

Só mais tarde, recordou Camané, "se tornaria mais fácil tocá-lo [ao fado]" com "a guitarra portuguesa, a viola... primeiro, a guitarra portuguesa, depois, passados muitos anos, a viola e depois o baixo e o contrabaixo".

Em novembro, o agente de Camané revelou à Lusa que o fadista e o pianista se tinham juntado num novo projeto que seria apresentado ao vivo este ano.

O primeiro concerto aconteceu a 26 de janeiro, na Casa da Música, no Porto, e o segundo a 9 de fevereiro, no Centro de Artes de Águeda.

O fadista e o pianista "já deram vários concertos juntos", e do "excelente entendimento sentido nessas colaborações esporádicas" resulta "o inevitável aprofundamento desta simbiose". Este novo projeto é "de raiz para dar mais brilho a uma voz e a um piano que se descobriram cúmplices desde a primeira vez que encheram um palco".

O alinhamento dos concertos inclui "cerca de duas dezenas de temas, saídos do cânone fadista tradicional, do repertório de Camané e também inéditos compostos por Mário Laginha que, recorde-se, musicou já um poema de Álvaro de Campos [heterónimo de Fernando Pessoa] para Camané, 'Ai Margarida'".

Quando falou com a Lusa, em dezembro, Camané admitiu a possibilidade de gravar alguns dos temas construídos para este projeto, mas só "passado algum tempo", depois de terem "rodado muito as coisas e tocado muito".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório