Meteorologia

  • 24 SETEMBRO 2021
Tempo
22º
MIN 17º MÁX 23º

Edição

Lar Eficiência energética Candidaturas para tornar casas mais ...

Candidaturas para tornar casas mais sustentáveis abrem já amanhã

Serão mais 30 milhões de euros para tornar as casas mais eficientes, com recurso a janelas eficientes e painéis solares. Candidaturas começam esta terça-feira e terminam dia 30 de novembro, "ou até à data em que seja previsível esgotar a dotação prevista”.

Candidaturas para tornar casas mais sustentáveis abrem já amanhã

Foi publicado esta segunda-feira em Diário da República um novo despacho que aprova o regulamento de atribuição de incentivos da segunda fase do Programa de Apoio a Edifícios Mais Sustentáveis, pelo Ministério do Ambiente e da Ação Climática.

As candidaturas abrem já amanhã, esta terça-feira, dia 22 de junho, e terminam “às 23h59 do dia 30 de novembro de 2021 ou até à data em que seja previsível esgotar a dotação prevista”.

O Governo tem assim mais 30 milhões de euros para as famílias portuguesas melhorarem a eficiência energética das suas casas, com recurso a janelas eficientes e painéis solares. Sendo que "cada beneficiário está limitado a um incentivo total máximo de 7.500 euros, por edifício unifamiliar ou fração autónoma, e de 15.000 euros, no caso particular de edifício multifamiliar em propriedade total, considerando-se para o efeito os montantes apoiados desde 7 de setembro de 2020", lê-se no despacho.

Note que a primeira edição viu o orçamento de 8,5 milhões de euros esgotados até ao último cêntimo. Inicialmente, foram previstos 4,5 milhões até final de 2020 e 4 milhões para início de 2021. Mas, agora, esta segunda edição do programa Edifícios + Sustentáveis regressa com o apoio de Bruxelas, que dotou o programa com uma capacidade sete vezes superior à primeira edição.

Saliente-se que esta segunda edição já se insere no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) e identifica a aposta na eficiência energética dos edifícios como uma prioridade para a recuperação económica alinhada com a transição climática, de acordo com os objetivos do Pacto Ecológico Europeu.

Faz ainda notar o mesmo despacho que este programa enquadra-se, entre outros, na iniciativa Europeia "Vaga de Renovação", dedicada à renovação dos edifícios e que visa abordar as atuais baixas taxas de renovação em toda a UE, além de fornecer uma estrutura para que a renovação desempenhe um papel fundamental no apoio a uma recuperação verde e digital.

Recorde-se que o programa concluído a 31 de dezembro por esgotamento da verba, recebeu 6.996 candidaturas. Destas, 890 foram pagas já em 2020, correspondendo a 1,75 milhões de euros. Sublinhe-se que os apoios solicitados até fim do ano passado têm pagamento assegurado.

Apresentação do "Programa de Apoio a Edifícios mais Sustentáveis 2021"

A Casa da Cultura Lívio de Morais irá receber a cerimónia de apresentação do "Programa de Apoio a Edifícios mais Sustentáveis 2021", esta terça-feira, dia 22 de junho, pelas 10h30, em Mira Sintra.

Revela nota enviada ao Notícias ao Minuto que a cerimónia conta com a presença do ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes e do presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta.

Leia Também: Investir em janelas eficientes? Apoio de 30 milhões já na próxima semana

Campo obrigatório