Morte de Mário Carrascalão: "Perdemos um companheiro. É triste"

Mário Carrascalão morreu esta manhã vítima de um ataque cardíaco. "Perdemos um companheiro. É uma situação triste", reage Xanana Gusmão reage, em declarações ao Notícias ao Minuto.

© Getty Images
Mundo Xanana Gusmão

O ex-vice-primeiro-ministro de Timor-Leste, Mário Carrascalão, morreu esta manhã no Hospital Nacional Guido Valadares, em Díli, na sequência de um ataque cardíaco sofrido enquanto conduzia o seu carro.

PUB

Em reação à morte deste “antigo companheiro”, Xanana Gusmão revelou, numa entrevista exclusiva ao Notícias Ao Minuto, que será publicada na íntegra ainda hoje, ter recebido a notícia com algum espanto.

“Fiquei assustado, no sentido em que nunca tinha ouvido que estava doente”, começou por referir, fazendo sobressair que “que a morte não se espera e que esta é uma situação triste”.

“É uma situação triste. É um amigo, um velho conhecido. Conheço-o desde que eramos jovens e não esquecemos tudo o que fez pela província [província era o nome dado pelos indonésios a Timor, quando anexaram o pais à Indonésia]. Fez algo de bom”, lembrou, referindo-se ao homem que foi governador durante a ocupação indonésia e vice-primeiro-ministro após a independência.

“Perdemos um companheiro”, afirmou o primeiro presidente de Timor Leste e principal protagonista da luta pela independência do país.

Recorde-se que o carro de Mário Carrascalão acabou por embater num poste não se sabendo ainda se o ataque cardíaco, causa da morte, aconteceu antes ou depois do embate.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser